‘Not Guilty’, de Clifford Jordan

Do saxofone tenor norte-americano Clifford Jordan [1931-1993], o tema de abertura do álbum Cliff Jordan. A gravação para a Blue Note teve lugar nos Estúdios Van Gelder em Nova Jérsia a 2 de Junho de 1957 e contou com a seguinte formação: Curtis Fuller, trombone · John Jenkins, saxofone alto · Ray Bryant, piano · Paul Chambers, baixo · Art Taylor, bateria.


‘Gemmulae Evangeliorum’, de Melchior Franck

Melchior Franck [Zittau, ca. 1579 – Coburg, 1 Junho 1639], compositor protestante alemão activo durante a transição do Renascimento para o Barroco, exerceu desde 1603 até ao fim da vida o cargo de Kapellmeister da corte de Coburg. No início da sua formação foi aluno de Hans Leo Hassler.

O trabalho de Franck inclui música sacra em alemão e latim, motetos, salmos e música sacra, como os conhecidos Gemmulae Evangeliorum em quatro partes (também publicados como Provérbios do Evangelho em 1623).

Em 2020, o Ensemble Vocal  Cantus Thuringia, dirigido pelo contratenor Christoph Dittmar reuniu em disco perto de duas dezenas de canções sagradas e motetos no álbum Melchior Franck: Geistliche Gesäng und Melodeyen.


Geistliche Gesäng und Melodeyen: No. 18, Da ging meine Seele heraus
Cantus Thuringia · Capella Thuringia · Lachrimae Consort Weimar

‘Armonico Tributo’, de Georg Muffat (II)

Georg Muffat [1 Junho 1653 – 23 Fevereiro 1704], compositor e organista do período barroco, nasceu em França, na região de Sabóia. Passou a adolescência em Paris, onde foi aluno da figura dominante na música francesa, Jean-Baptiste Lully. Após uma passagem por Praga em 1677, trabalhou como organista  e músico de câmara do Arcebispado de Salsburgo até 1680, onde foi contemporâneo de Heinrich Ignaz Franz Biber.

Nos dois anos seguintes esteve em Itália, onde conheceu Arcangelo Corelli e foi precisamente em 1682 que publicou o seu conjunto de sonatas Armonico Tributo. Desde 1690 até à data da morte, Georg Muffat foi Kapellmeister na Diocese de Passau, Alemanha.


Álbum – Muffat: Armonico Tributo (2019) – Sonata No.3 em Lá maior
Ensemble Barroco 415 | Chiara Banchini

‘Apocalipsis cum figuris’, de Albrecht Dürer

Apocalipse com Imagens (do latim: Apocalipsis cum figuris) é uma série de quinze xilogravuras de Albrecht Dürer [21 Maio 1471 – 6 Abril 1528] que retrata várias cenas do Livro do Apocalipse, ou Livro da Revelação de João, o último Livro do Novo Testamento.
A obra publicada em 1498 foi um grande sucesso em toda a Europa, com destaque para a representação dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse.


albrecht-durer-apocalypse


Milt Jackson Quartet

Na Primavera de 1955, Milt Jackson [1923 – 1999], vibrafonista e membro fundador do Modern Jazz Quartet, convidou o pianista Horace Silver [1928 – 2014] para integrar a formação habitual do seu quarteto; Com Percy Heath [1923 – 2005] no contrabaixo e Connie Kay [1927 – 1994] na bateria, gravaram o álbum Soul Pioneers para a Prestige nos Estúdios Van Gelder em Nova Jérsia no dia 20 de Maio.
Stonewall foi a única composição de sua autoria a integrar o álbum.


‘Organ Voluntaries’, de John Stanley (II)

De John Stanley [17 Janeiro 1712 – 19 Maio 1786], a primeira peça do álbum St Mary’s Church, Rotherhithe – Stanley: 11 Organ VoluntariesOrgan Voluntary in D Minor, Op. 5, No. 8, com Ton Koopman no órgão.


‘Canzoni’, de Giovanni Picchi

Giovanni Picchi [ca. 1571 – 17 Maio 1643], compositor italiano do início do período barroco e seguidor da escola veneziana, contribuiu para o desenvolvimento e diferenciação das formas instrumentais da época, como a sonata e a canzona – composição instrumental do Renascimento que deriva da chanson polifónica francesa.

Em 1625, Picchi escreveu uma colecção de 19 canzoni da sonar con ogni sorte d’istromenti para 2-4, 6 e 8 vozes com baixo contínuo, que o Ensemble Concerto Scirocco gravou em 2020 com direcção artística de Giulia Genini.


‘Jeune fille en vert’, de Tamara de Lempicka

De Tamara de Lempicka [16 Maio 1898 – 18 Março 1980], pioneira no desenvolvimento do Movimento Art Déco, “Jeune fille en vert”, 1927-30.


‘From profound centre of my heart’, de Giovanni Croce

De Giovanni Croce [1557 – 15 Maio 1609], compositor italiano da escola veneziana tardo-renascentista, discípulo de Gioseffo Zarlino, o madrigal From profound centre of my heart, extraído do álbum Tune thy Musicke to thy Hart: Tudor & Jacobean music for private devotion (2012). A excelsa interpretação do conjunto inglês Stile Antico proporciona uma visão singular da música sacra, escrita, não para apresentações na igreja mas para a corte e para ambiente doméstico.


‘Concerto Espiritual’, de Johann Philipp Förtsch

Do compositor do barroco alemão Johann Philipp Förtsch [14 Maio 1652 – 14 Dezembro 1732], Du Heiden Trost – sobre a Anunciação à Virgem Maria -, o primeiro concerto espiritual que integra o disco Fortsch, J.P.: Dialogs, Psalms and Sacred Concertos (2008), interpretado pelo Ensemble Vocal La Capella Ducale e pelo Ensemble Instrumental Musica Fiata, dirigidos por Roland Wilson.


%d bloggers like this: