Posts Tagged ‘ Musica Aeterna ’

‘Modulationes sex vocum’, de Gioseffo Zarlino (II)

De Gioseffo Zarlino [31 Janeiro 1517 – 4 Fevereiro 1590], compositor italiano natural da região do Veneto, considerado o mais conceituado teórico musical da Renascença e de quem em 2017 se comemoraram os 500 anos do nascimento, o moteto Victimae paschali, extraído da antologia Modulationes per Philippum Iusbertum, interpretado pelo Ensemble vocal Singer Pur.


Álbum: Zarlino: Modulationes sex vocum (2013)
Ensemble vocal Singer Pur: Claudia Reinhard, soprano
Christian Meister – Markus Zapp – Manuel Warwitz, tenores
Jakob Steiner – Marcus Schmidl, barítonos

Livro I de ‘O Cravo Bem Temperado’ de Bach, na leitura de Cristiano Holtz

Obra incontornável para a literatura de instrumentos de tecla, o Cravo Bem-Temperado BWV 846–893 de Johann Sebastian Bach [1685-1750] consiste numa colecção de dois volumes de música para teclado, cada um contendo 24 prelúdios e fugas, utilizando todas as tonalidades do teclado.

Para assinalar os 300 anos da publicação do Livro I BWV 846-869, escrito em Weimar em 1722, o Musica Aeterna dedicou uma emissão à leitura de Cristiano Holtz, cravista brasileiro, último aluno do saudoso Gustav Leonhardt, que se encontra radicado em Portugal e exerce a actividade docente no Instituto Gregoriano de Lisboa.


‘Le Nuove Musiche’, de Giulio Caccini

De Giulio Caccini [8 Outubro 1551 – 10 Dezembro 1618], compositor do final do Renascimento, a quem o Musica Aeterna dedicou uma emissão nos 400 anos da morte e que, a par de Jacopo Peri, foi um dos pioneiros do estilo recitativo, a composição Amarilli Mia Bella para voz solo e baixo contínuo, extraída da colecção “Le Nuove Musiche” (1602), composta por 12 madrigais e 10 árias.


Álbum: Caccini: Amor Che fai? – Madrigali e Arie – Pavane Records, 2005
Stephan Van Dyck, tenor | Christina Pluhar, harpa e tiorba

‘Responsórios de Trevas’ de Don Carlo Gesualdo

A par de Claudio Monteverdi, Don Carlo Gesualdo da Venosa [1566 – 8 Setembro 1613] representa o expoente do madrigal italiano.
Em 2013, o Musica Aeterna dedicou-lhe uma emissão aquando da passagem do quarto centenário da morte e em 2020 duas emissões intituladas ‘Responsórios de Trevas (parte I e parte II) , a propósito do lançamento do triplo cd Tenebrae, pelo agrupamento Graindelavoix. Do segundo cd, fica o primeiro responsório para Sexta-Feira Santa, Omnes amici mei.


500 anos da morte de Josquin DesPrez

De Josquin Desprez [por volta de 1450/1455 – 27 Agosto 1521], figura central da Escola Franco-Flamenga, considerado – na linha do tempo – um dos mais notáveis compositores do alto Renascimento entre Guillaume Dufay [1397 – 1474] e Giovanni Pierluigi da Palestrina [c. 1525 – 1594], o sublime moteto Inviolata, integra et casta es Maria.
De sublinhar ainda as duas excepcionais emissões (parte Iparte II) que o Musica Aeterna dedica à efeméride.


Álbum: The Golden Renaissance: Josquin des Prez, ℗ 2021 – Stile Antico


 

500º aniversário do nascimento de Philippe de Monte

O Musica Aeterna dedicou uma emissão aos 500 anos do nascimento de Philippe de Monte [1521 – 4 Julho 1603], compositor franco-flamengo do final do Renascimento que ocupou o cargo de Hofkapellmeister em Viena e Praga, onde serviu a Corte Imperial dos Habsburgos durante trinta e cinco anos.

Em Abril passado, a Outhere Music reuniu no álbum Philippe De Monte: Madrigals and Chansons temas da colecção Delícias Harmónicas (1612) e do Livro primo de Madrigais a cinco vozes (1554), tendo como intérprete o grupo Ratas del Viejo Mundo


‘Palle, palle’, de Heinrich Isaac

De Heinrich Isaac [c.1450 – 26 Março 1517], compositor franco-flamengo do período renascentista a quem o Musica Aeterna dedicou um programa em 2017 para assinalar a efeméride dos 500 anos da morte, o moteto sem texto Palle, palle – do período em que Isaac esteve em Florença ao serviço de Lorenzo de’ Medici, “Il Magnifico”.


Álbum: Henricus Isaac, 2017 · Jordi Savall · Hespèrion XXI
Fanfare des Médicis : Palle, palle (instrumental)

‘Modulationes sex vocum’, de Gioseffo Zarlino

De Gioseffo Zarlino [31 Janeiro 1517 – 4 Fevereiro 1590], compositor italiano natural da região do Veneto, considerado o mais conceituado teórico musical da Renascença e de quem em 2017 se comemoraram os 500 anos do nascimento, o moteto Exaudi Deus orationem, extraído da antologia Modulationes per Philippum Iusbertum, interpretado pelo Ensemble vocal Singer Pur.


Álbum: Zarlino: Modulationes sex vocum (2013)
Ensemble vocal Singer Pur: Claudia Reinhard, soprano
Christian Meister – Markus Zapp – Manuel Warwitz, tenores
Jakob Steiner – Marcus Schmidl, barítonos

‘David com a cabeça de Golias’, de Caravaggio

Na passagem dos 410 anos sobre a morte de Michelangelo Merisi, dito ‘o Caravaggio’ [29 Setembro 1571 – 18 Julho 1610], ‘David com a cabeça de Golias’, por volta de 1600.


‘David com a cabeça de Golias’, de Caravaggio
Museu do Prado, Madrid

‘La conversione di Maddalena’, de Giovanni Bononcini

Giovanni Bononcini [1670-1747] compôs a oratória a quatro vozes La Conversione di Maddalena em 1701, após ingressar ao serviço de Leopoldo I de Habsburgo, Imperador do Sacro Império Romano-Germânico.
O compositor, natural de Modena e de quem se comemoram a 18 de Julho 350 anos do nascimento, morreu neste dia 9 de Julho em Viena.
Em 2019, o Ensemble La Venexiana, dirigido por Gabriele Palomba, gravou esta oratória em duplo cd para a Glossa, tendo como solistas Emanuela Galli, Francesca Lombardi Mazzulli, Marta Fumagalli e Matteo Bellotto.


Recitativo Quel volto, quel labro

%d bloggers like this: