Posts Tagged ‘ Herbie Hancock ’

‘Empyrean Isles’, de Herbie Hancock (III)

No dia 17 de Junho de 1964 o pianista de jazz norte-americano Herbie Hancock contou com a colaboração de Ron Carter (baixo), Freddie Hubbard (corneta) e Anthony Williams (bateria)  para gravar o seu quarto álbum para a Blue Note, Empyrean Isles. Fica o primeiro tema do lado A, One Finger Snap.


‘Nefertiti’, de Miles Davis

Pouco antes do início da transição para os registos eléctricos do jazz de fusão, ‘Nefertiti’ (1968) foi o quarto e penúltimo álbum do ‘segundo quinteto clássico’ de Miles Davis, com Wayne Shorter , Herbie Hancock , Ron Carter e Tony Williams.
Escrtita por Wayne Shorter, a composição que dá nome ao álbum foi gravada a 7 de Junho de 1967, na primeira de quatro sessões que tiveram lugar nos estúdios da Columbia entre Junho e Julho.


“In a Silent Way”/”It’s About That Time”, de Miles Davis

O álbum de estúdio ‘In a Silent Way’ de Miles Davis foi gravado numa única sessão nos estúdios da CBS em 18 Fevereiro 1969. Do álbum homónimo lançado em Julho pela Columbia Records, o tema In a Silent Way, que preenche o lado B, foi escrito pelo teclista Joe Zawinul [1932-2007].


Miles Davis (tpt); Wayne Shorter (ss); John McLaughlin (el-g); Herbie Hancock (el-p);
Chick Corea (el-p); Joe Zawinul (org); Dave Holland (b); Tony Williams (d)

‘E.S.P.’ de Miles Davis

Do álbum E.S.P. de Miles Davis, gravado entre 20 e 22 de Janeiro de 1965, fica o tema ‘Little One’, gravado no dia 21.


Miles Davis (tpt); Wayne Shorter (st); Herbie Hancock (p); Ron Carter (b); Tony Williams (b)

‘Free Form’, de Donald Byrd

Produzido pelo fundador da Blue Note Alfred Lion, o álbum Free Form do trompetista norte-americano Donal Byrd [1932-2013], gravado para a Blue Note nos Estúdios Van Gelder em 12 de Dezembro de 1961, há precisamente sessenta anos, contou a participação de: Wayne Shorter, saxofone tenor | Butch Warren, contrabaixo | Herbie Hancock, bateria | Billy Higgins, bateria.
Fica o primeiro tema do lado A do álbum, A Pentecostal Feelin’.

Dave Holland turns 75

In 1968, Miles Davis and Philly Joe Jones heard him at Ronnie Scott’s Jazz Club, playing in a combo that opened for the Bill Evans Trio. Jones told Holland that Davis wanted him to join his band (replacing Ron Carter). Davis left the UK before Holland could contact him directly, and two weeks later Holland was given three days’ notice to fly to New York for an engagement at Count Basie’s nightclub. He arrived the night before, staying with Jack DeJohnette, a previous acquaintance. The following day Herbie Hancock took him to the club, and his two years with Davis began. Via.


Album: In a Silent Way (1969), recorded on February 18 and released on July 30 on Columbia Records.

Miles Davis, trumpet | Wayne Shorter, soprano saxophone | John McLaughlin, electric guitar
Chick Corea, electric piano | Herbie Hancock, electric piano | Joe Zawinul, electric piano, organ
Dave Holland, double bass | Tony Williams, drums

‘Empyrean Isles’, de Herbie Hancock (II)

No dia 17 de Junho de 1964 Herbie Hancock contou com a colaboração de Ron Carter, Freddie Hubbard e Tony Williams para gravar o seu quarto álbum para a Blue Note, Empyrean Isles.


‘Empyrean Isles’, de Herbie Hancock

No dia 17 de Junho de 1964 Herbie Hancock contou com a colaboração de Ron Carter, Freddie Hubbard e Anthony Williams para gravar o seu quarto álbum para a Blue Note, Empyrean IslesDe referir que no ano anterior integrara o segundo Quinteto de Miles Davis, com Wayne Shorter, Ron Carter e Tony Williams.

Herbie Hancock’s all-star set

Legendary jazz musician Herbie Hancock delivers a stunning performance alongside two old friends – past drummer for the Headhunters, Harvey Mason, and bassist Marcus Miller.
Listen to the end to hear them sweeten the classic “Watermelon Man.”

%d bloggers like this: