Archive for the ‘ Discos ’ Category

‘Django’, de Modern Jazz Quartet

Fundado em 1952, o Modern Jazz Quartet teve em John Lewis [1920-2001] – piano e direcção musical – e Milt Jackson [1923-1999] no vibrafone os principais elementos da formação, que apresentava um jazz mais do que respeitável. Acompanhados pelo contrabaixo de Percy Heath [1923-2005] e pela bateria de Connie Kay [1927-1994], gravaram em 1959 o elegante álbum Pyramid, do qual fica aqui a composição Django (John Lewis) gravada em 22 Agosto 1959.

Anúncios

‘Aspheres’, by Jos d’Almeida

From composer Jos d’Almeida, born on this day in 1962, his third album Aspheres.

 

‘Lamento de Íole’, de Jacopo Peri

De Jacopo Peri [20 Agosto 1561 – 12 Agosto 1633], compositor pioneiro do estilo recitativo, com origem na Grécia Antiga e que se viria a transformar naquilo a que hoje chamamos ópera, o ‘Lamento de Íole’, com a voz de Montserrat Figueras e o cravo de Ton Koopman.


Héracles, que havia morto o Rei Eurytus e saqueado a cidade de Oechalia com intenção de levar a sua bela filha Iole como noiva, encarregou Filoctetes (então amante de Iole) de comunicar à Princesa a sua decisão de a desposar. Sabendo da relação entre Iole e Filoctetes, Hércules impõe o casamento como forma de poupar a vida ao desgraçado amante. Dejanira decide então ajudar Iole, oferecendo-lhe a túnica ensanguentada do centauro Nesso, trespassado por uma seta envenenadade de Héracles ao tentar violar Dejanira; Agonizante, Nesso dissera a Dejanira que a túnica com o seu sangue tinha poderes mágicos e que se Héracles a usasse,ser-lhe-ia novamente fiel. Porém, a túnica estava impregnada de um terrível veneno e, no dia do casamento, quando Iole oferece a túnica a Héracles, este, ao vesti-la, percebe que o veneno se infiltra no corpo. Desesperado, Héracles lança-se às chamas e sobe ao Monte Olimpo, onde se juntou a Zeus.

‘Pick Up Sticks’, de Dave Brubeck

Do álbum The Dave Brubeck Quartet ‎– Time Out [1959], o tema Pick Up Sticks, gravado a 18 Agosto 1959.

Paul Desmond, sax alto | Eugene Wright, contrabaixo | Joe Morello, bateria | Dave Brubeck, piano

‘Like Someone In Love’, de Art Blakey

Do álbum ‘Art Blakey – A Night in Tunisia / Like Someone in Love [1960], o tema ‘Like Someone In Love’, gravado nos Estúdios de Rudy Van Gelder em 14 Agosto 1960.

Lee Morgan, Trompete | Wayne Shorter, Sax Tenor | Bobby Timmons, Piano
Jymie Merritt, Contrabaixo | Art Blakey, Bateria

‘Sueña La Alhambra’ – Enrique Morente, Pat Metheny, Juan Habichuela

Em Morente ‎– Sueña La Alhambra [2005], Enrique Morente, um dos grandes de Espanha, canta ‘Donde Habite El Olvido’ do poeta Luís Cernuda, acompanhado pela filha Estrella Morente e pela guitarra de Pat Metheny, que hoje completa 65 anos.
É um tema maravilhoso!


Juan Habichuela [Granada, 12 Agosto 1933 – Madrid, 30 Junho 2016], oriundo de uma família de notáveis guitarristas de flamenco, participa no tema ‘Taranto Veneno’.

‘Four for Trane’, de Archie Shepp

O primeiro trabalho em nome próprio de Archie Shepp “Four for Trane”, foi gravado em 10 Agosto 1964 (Impulse). Dos cinco temas que compõem o álbum, apenas “Rufus” tem a autoria de Shepp, tendo os restantes quatro sido compostos por John Coltrane.

Alan Shorter – flugelhorn | John Tchicai – alto saxophone | Archie Shepp – tenor saxophone
Roswell Rudd – trombone, arranger | Reggie Workman – double bass | Charles Moffett – drums
Anúncios
%d bloggers like this: