Archive for the ‘ Discos ’ Category

‘Motets pour la chapelle du roi’, de Henry Du Mont

Henry Du Mont [1610 – 8 Maio 1684], organista e compositor do barroco francês, cuja carreira decorreu principalmente na Igreja de Saint-Paul-Saint-Louis em Paris, foi uma figura relevante durante o reinado de Luís XIV – o Rei-Sol, e fonte de inspiração para compositores como Michel-Richard Delalande [1657-1726] e Jean-Baptiste Lully [1632-1687]


Álbum: Henry du Mont: O mysterium, 2016
Ensemble Correspondances · Sébastien Daucé
Motets pour la Chapelle du Roy: O mysterium

‘Motetos’, de Giaches de Wert

Na passagem dos 425 anos sobre a morte do madrigalista Giaches de Wert [1535 – Mântua, 6 Maio 1596],  o moteto Virgo Maria hodie ad coelum, extraído da selecção de música sacra do compositor renascentista que o agrupamento inglês Stile Antico reuniu no disco Giaches de Wert: Divine Theatre, Sacred Motets (2017).


‘Missa Salisburgensis’, de Biber (II)

Heinrich Ignaz von Biber [1644 – 3 Maio 1704]

Missa Salisburgensis (1682) – Gloria · Le Concert des Nations  · Jordi Savall

Álbum “Biber: Baroque Splendor”, 2015


‘Spartacus’, de Khachaturian

Embora apenas conheça música que escreveu para ballet – Gayaneh (1942) e Spartacus (1954),  o Maestro de origem arménia Aram Khachaturian [1906-1978] compôs três sinfonias, seis concertos, obras de música vocal, instrumental e duas dezenas de bandas sonoras. Considerado um dos pilares da escola de composição arménia e soviética, Khachaturian morreu a 1 de Maio.


Álbum: Khatchaturian: Ballet Suites From Spartacus & Masquerade, 2015  
London Symphony Orchestra · Stanley Black

‘Pièces De Clavecin’, de François d’Agincourt

François d’Agincourt [1684 – 30 Abril 1758], cravista e compositor do barroco francês, trabalhou como organista da Cathédrale Notre-Dame na cidade natal de Rouen.
O seu único livro de música para cravo que sobreviveu – 1er livre de clavecin (Paris, 1733) contém quarenta e três peças, inspiradas por François Couperin:

« Je n’ay rien changé aux agrémens ny a la manière de toucher de celle que Monsieur Couperin a si bien désignée et caractérisée et dont presque touttes les personnes de l’art font usage.»

Do álbum François D’Agincour – Pièces De Clavecin – peças de cravo dedicadas à Rainha Maria Antonieta (Glossa, 2001), a Allemande: La Couperin – Quatrième Ordre (En Mi Mineur), com Hervé Niquet no cravo.


Masaaki Suzuki – Paixão de São Mateus BWV 244

O maestro japonês Masaaki Suzuki [ Kobe, 29 Abril 1954 – ], Director Musical do Bach Collegium Japan desde a sua fundação em 1990, tornou-se uma das principais autoridades na obra Bach. Susuki, que combina a carreira de regente com o trabalho como organista e cravista, dirigiu já as principais obras corais de Bach e as obras completas para cravo.
O ano de 2014 ficou marcado pelo concerto na Casa da Música e pelo enriquecimento da impressionante discografia com os 55 volumes da gravação completa das
Cantatas, iniciada em 1995.
Fica o coro e coral introdutórios Kommt, ihr Töchter, helft mir klagen, do disco Paixão Segundo São Mateus BWV 244 (2020).


Keith Jarrett European Quartet – Blossom

O “Quarteto Europeu” do pianista norte-americano Keith Jarrett, com Jan Garbarek no saxofone , Palle Danielsson no baixo e Jon Christensen na bateria, produziu para a ECM cinco discos ao vivo entre 1974 e 1979. O primeiro da série, Belonging, foi gravado entre 24 e 25 de Abril nos estúdios Arne Bendiksen em Oslo.


‘Pièces de Clavecin’, de Jean-Henri d’Anglebert

Jean-Henry d’Anglebert [1629 – 23 Abril 1691] foi autor de algumas das melhores realizações da escola francesa de cravo no tempo de Luís XIV, o Rei Sol. Contemporâneo e amigo de Jean-Baptiste Lully [1632-1687], publicou em 1689 em Paris uma colecção de quatro suítes para cravo sob o título Pièces de Clavecin, que foram apresentadas conjuntamente com arranjos seus das obras orquestrais de Lully .


Álbum: Jean-Henri Anglebert: Pièces de clavecin & airs d’après M. de Lully, 2005

Suite em Sol Menor: parte V. Sarabande e parte VIII. Gaillarde · Céline Frisch, cravo

‘Perfidia’, de Giuseppe Torelli

De Giuseppe Torelli [22 Abril 1658 – 8 Fevereiro 1709], violinista e compositor italiano do período barroco, a composição Perfidia para 2 violinos e contínuo, G. 65, interpretada pelo Ensemble Aurora, dirigido por Enrico Gatti.

Álbum: L’Arte del Violino in Italia, c. 1650-1700 | ℗ 2011 Glossa


‘Flamenco & Classica’, de Mestre José Luis Montón

‘Flamenco & Classica’, o mais recente projecto do mestre catalão José Luis Montón, une as duas disciplinas da música e conta com a participação de nomes maiores da nova geração que dá voz ao Flamenco como Miguel Poveda e Rocío Márquez, que neste Tiempo de abrazarse paira sobre o ‘Adagio’ de Tomaso AlbinoniDisfrutenlo


%d bloggers like this: