Posts Tagged ‘ Hard Bop ’

‘Portrait of Cannonball’

Em Fevereiro de 1958, Cannonball Adderley [1928-1975] integrava o recém formado sexteto de Miles Davis que gravou o álbum Milestones.
A 1 de Julho desse ano, gravava Portrait of Cannonball, o seu primeiro trabalho para a Riverside. 
A acompanhar Cannonball Adderley no saxofone alto esteve Blue Mitchell no trompete, Bill Evans ao piano, Sam Jones no contrabaixo e Philly Joe Jones na bateria. Fica o último tema do lado A do álbum, Blue Funk.
 

‘Sieg Haile’, de Mal Waldron

Gravado ao vivo no dia 29 de Junho de 1971 no Clube de Jazz Domicile em Munique, o álbum Black Glory do pianista e compositor Mal Waldron [1925-2002] contou com a participação de Jimmy Woode [1926-2005] no contrabaixo e Pierre Favre na bateria.
Sieg Haile é o tema de abertura do álbum, editado pela Enja Records.


Elvin Jones por Francis Wolff

Elvin Jones [September 9, 1927 – May 18, 2004] fotografado em 12 Agosto 1961 por Francis Wolff, durante os ensaios do album de Freddie Hubbard «Ready for Freddie».


Irmão do pianista Hank Jones, Elvin é um dos mais importantes bateristas da história do jazz.
Antes de integrar o Quarteto de John Coltrane na primeira metade da década de sessenta gravou, para citar apenas dois exemplos, Night at the Village Vanguard com Sonny Rollins em 1957 e Sketches of Spain com Miles Davis em 1959.

Crisis, o último tema do álbum de Freddie Hubbard – «Ready for Freddie», 1962.
Músicos: Freddie Hubbard (t), Bernard McKinney (e), Wayne Shorter (ts), McCoy Tyner (p), Art Davis (db), Elvin Jones (d)

60 anos de ‘Soul Station’, de Hank Mobley

Do álbum ‘Soul Station’ de Hank Mobley, gravado nos Estúdios de Rudy Van Gelder em 7 Fevereiro 1960, o tema que dá o título ao álbum.

Paul Chambers [1935-1969], baixo | Art Blakey [1919-1990], bateria
Wynton Kelly [1931-1971], piano | Hank Mobley [1930-1996], saxofone tenor


‘Cheese Cake’, de Dexter Gordon

Após os bem sucedidos Doin’ Allright e Dexter Calling, ambos de 1961, o saxofonista Dexter Gordon [27 Fevereiro 1923 – 25 Abril 1990] reuniu um elenco de luxo para gravar Go! nos Estúdios Van Gelder, em 27 Agosto 1962.
Deixo aqui Cheese Cake, o único tema do álbum composto por Gordon.

Butch Warren, contrabaixo | Billy Higgins, bateria
Sonny Clark, piano | Dexter Gordon, saxofone tenor

‘Four for Trane’, de Archie Shepp

O primeiro trabalho em nome próprio de Archie Shepp “Four for Trane”, foi gravado em 10 Agosto 1964 (Impulse). Dos cinco temas que compõem o álbum, apenas “Rufus” tem a autoria de Shepp, tendo os restantes quatro sido compostos por John Coltrane.

Alan Shorter – flugelhorn | John Tchicai – alto saxophone | Archie Shepp – tenor saxophone
Roswell Rudd – trombone, arranger | Reggie Workman – double bass | Charles Moffett – drums

‘Stompin’ At The Savoy’, de Clifford Brown/Max Roach

Do álbum Clifford Brown/Max Roach – Brown and Roach Incorporated (1954), gravado nos Capitol Studios em Los Angeles entre os dias 2 e 10 Agosto 1954, o tema Stompin’ At The Savoy, geralmente atribuído a Benny Goodman mas que na realidade foi escrito pelo compositor e saxofonista Edgar Sampson [1907-1973].

George Morrow (b); Max Roach (dr); Richie Powell (p); Harold Land (ts); Clifford Brown (t)

‘What Know’, de Lee Morgan

What Know, Lee Morgan’s original, marks one of those increasingly prevalent uses of a compelling melodic device – the pick-up phrase that’s longer than what it leads into. Here we have a theme built mainly around phrases that open with a three – or four-note pick-up, lasting generally for two and a half beats, and close with two notes on the first beat of the following measure. It’s an attractive effect, used here most engagingly in the minor mode. Timmons’s chorded passage stands out in a series of brilliant solos. The side closes with a flash of the theme, long enough to afford a solo glimpse of Timmons and Pee-Wee’s disclosure that we have been listening to the Soul Brothers. Via Blue Note.

Art Blakey & The Jazz Messengers – Meet You at the Jazz Corner of the World, 1960
Lee Morgan, trompete | Wayne Shorter, sax tenor
Jymie Merritt, baixo | Bobby Timmons, piano | Art Blakey, bateria

‘Song For My Father’, de Horace Silver

No dia em que passam cinco anos sobre a morte de Horace Silver [2 Setembro 1928 – 18 Junho 2014], pianista de jazz e compositor norte-americano de origem cabo verdiana (por parte do pai, que empresta a imagem à capa do álbum), ‘Song For My Father‘ de 1964, o trabalho que mereceu maior reconhecimento ao longo da carreira.

The Horace Silver Quintet
Teddy Smith, contrabaixo | Roger Humphries, bateria | Joe Henderson, sax tenor
Carmell Jones, trompete | Horace Silver, piano

%d bloggers like this: