Posts Tagged ‘ Blue Note Records ’

‘Dial “S” for Sonny’

Do pianista de jazz Sonny Clark [1931-1963], nascido neste dia 21 de Julho há 90 anos, o tema Dial “S” for Sonny, que deu o título ao primeiro álbum de estúdio que gravou para a Blue Note nos Estúdios de Rudy Van Gelder, Nova Jérsia, precisamente no dia do seu vigésimo sexto aniversário, em 21 de Julho de 1957.


Sonny Clark, piano | Art Farmer, trompete | Curtis Fuller, trombone
Hank Mobley, saxofone tenor | Wilbur Ware, contrabaixo | Louis Hayes, bateria

‘Heavy Dipper’, de Lee Morgan

Apesar da sua curta existência, o genial trompetista norte-americano Lee Morgan [10 Julho 1938 – 19 Fevereiro 1972], gravou duas dúzias de discos para a Blue Note, entre os quais The Cooker em 1958.
O momento alto da composição Heavy Dipper chega a seguir ao solo de Paul Chambers, com Lee Morgan a partir a loiça e Philly Joe Jones a apanhar os cacos.


Lee Morgan, trompete | Pepper Adams, saxofone barítono | Bobby Timmons, piano
Paul Chambers, baixo | Philly Joe Jones, bateria

‘Out To Lunch’, de Eric Dolphy (II)

O multi-instrumentista Eric Dolphy [20 Junho 20, 1928 – 29 Junho 1964], toca saxofone alto no primeiro tema do lado B e que dá o título ao álbum Out To Lunch!.
A gravação para a Blue Note teve lugar nos estúdios Van Gelder em Nova Jérsia em Fevereiro do ano da morte de Dolphy, e contou com a colaboração de Freddie Hubbard no trompete, Bobby Hutcherson no vibrafone, Richard Davis no contrabaixo e Tony Williams na bateria. 


‘Up & Down’, de Horace Parlan

Do pianista norte-americano Horace Parlan [19 Janeiro 1931 –  23 Fevereiro 2017], que se notabilizou em finais dos anos 50 ao integrar o ensemble de Charles Mingus, o tema Up & Down que deu o título ao disco, gravado nos estúdios de Rudy Van Gelder neste dia 18 de Junho em 1961, precisamente há sessenta anos.

O álbum, editado pela Blue Note apenas em 1963, contou com a participação de Booker Ervin, saxofone tenor – Grant Green, guitarra – George Tucker, contrabaixo – Al Harewood, bateria.


‘Empyrean Isles’, de Herbie Hancock (II)

No dia 17 de Junho de 1964 Herbie Hancock contou com a colaboração de Ron Carter, Freddie Hubbard e Tony Williams para gravar o seu quarto álbum para a Blue Note, Empyrean Isles.


‘Not Guilty’, de Clifford Jordan

Do saxofone tenor norte-americano Clifford Jordan [1931-1993], o tema de abertura do álbum Cliff Jordan. A gravação para a Blue Note teve lugar nos Estúdios Van Gelder em Nova Jérsia a 2 de Junho de 1957 e contou com a seguinte formação: Curtis Fuller, trombone · John Jenkins, saxofone alto · Ray Bryant, piano · Paul Chambers, baixo · Art Taylor, bateria.


‘Luna’, de Freddie Hubbard

Do terceiro álbum “Hub Cap” que Freddie Hubbard gravou para a Blue Note nos Estúdios Van Gelder Studio em Nova Jérsia no dia 9 de Abril de 1961, precisamente há 60 anos, o último tema do lado A Luna contou com a seguinte formação:
Freddie Hubbard – trompete, Julian Priester – trombone, Jimmy Heath – saxofone tenor, Cedar Walton – piano, Larry Ridley – baixo, Philly Joe Jones – bateria.


‘Where Do We Go?’, de Bill Frisell

No dia do septuagésimo aniversário de Bill Frisell, guitarrista de jazz e compositor norte-americano que se notabilizou pela longa colaboração de duas décadas no Trio do baterista Paul Motian juntamente com o saxofonista Joe Lovano, o tema Where Do We Go? do álbum Valentine (2020), o mais recente trabalho de Frisell na Blue Note Records.


‘Philly Twist’, de Kenny Dorham

Dedicado ao baterista Philly Joe Jones [1923-1985], ‘Philly Twist’ é o tema de abertura do álbum de estúdio Whistle Stop de Kenny Dorham [1914-1972], gravado para a Blue Note a 15 de Janeiro de 1961, precisamente há sessenta anos.


Kenny Dorham, trompete · Hank Mobley, saxofone tenor · Kenny Drew, piano
Paul Chambers , contrabaixo · Philly Joe Jones, bateria

‘Body and Soul’, de Freddie Hubbard

Com apenas 24 anos, o trompetista Freddie Hubbard [7 Abril 1938 – 29 Dezembro 2008] tem um desempenho notável na interpretação do standard Body and Soul, o último tema do lado A do duplo álbum ‘Here To Stay’, gravado a 27 de Dezembro de 1962 mas que só veria a luz do dia em 1976, pela Blue Note.


Freddie Hubbard, trompete · Wayne Shorter, saxofone tenor · Cedar Walton, piano
Reggie Workman, baixo · Philly Joe Jones, bateria

%d bloggers like this: