Archive for the ‘ Pintura ’ Category

‘A Festa da Ascensão na Praça de São Marcos’, de Francesco Guardi

Adquirida por Calouste Gulbenkian em 1919, esta obra do pintor veneziano Francesco Guardi [5 Out 1712 – 1 Jan 1793] pertence à colecção permanente do Museu.



Considerada uma das obras-primas de Guardi, a veduta representa a Praça de São Marcos decorada para a realização do mais sumptuoso festival de Veneza, a Festa della Sensa. Este acontecimento vivia no Dia da Ascensão a cerimónia de celebração do casamento simbólico entre Veneza e o mar, evocação da vitória longínqua que dera à cidade o controlo naval do Adriático.

Para além da basílica, avistam-se na pintura o campanário, a torre do relógio, o palácio ducal, quase impercetível, à direita, e os edifícios dos procuradores de São Marcos, parcialmente encobertos por arcadas temporárias, onde eram exibidos os produtos mais apreciados do artesanato veneziano.

Em tela de surpreendente efeito atmosférico, o pintor cria um espaço fantástico, de dinâmica teatral, pleno de contrapontos, sugerindo a impressão de tudo ser vivo e imediato. As personagens em primeiro plano, magnificamente distribuídas no «cenário» festivo, acrescentam ao conjunto movimento e agitação febril. Via.

‘Eneias e a Sibila no Mundo Inferior’, de Jan Brueghel, o Jovem

Na passagem dos 420 anos do nascimento de De Jan Brueghel, o Jovem [13 Setembro 1601 – 01 Setembro 1678], a obra “Aeneas and the Sibyl in the Underworld”, dos anos 1630,  inspirada nas paisagens do inferno de Jan Brueghel, o Velho, que por sua vez remetia para a obra de Bosch. O tema pertence a Virgílio, Eneida, Livro VI. »


“Aeneas and the Sibyl in the Underworld”, 1630s –  The Metropolitan Museum of Art, New York.

‘A Queda dos Anjos Rebeldes’, de Jan Brueghel, o Velho

Expoente da pintura da Flandres Renascentista, Pieter Brueghel, o Velho [c. 1525 – 9 Setembro 1569] conduz-nos com a obra ‘La chute des anges rebelles’ (1562) numa visita ao universo de Hieronymus Bosch.


‘La tentation de saint Antoine’, de Henri Fantin-Latour (II)

Do pintor francês Henri Fantin-Latour [14 Janeiro 1836 – 25 Agosto 1904], formado na Escola Superior de Belas-Artes de Paris e influenciado pelo movimento do simbolismo, a obra ‘La tentation de saint Antoine’ (não datada) pertence ao The National Museum of Western Art, Tóquio.


https://collection.nmwa.go.jp/en/P.1959-0099.html

‘O Combate do Giaour e Hassan’, de Delacroix

Tendo como fonte de inspiração Giaour (1813), poema dos Contos Orientais de Lord Byron [1788-1824], Eugène Delacroix [26 Abril 1798 – 13 Agosto 1863]  retrata nesta obra de 1826 a luta entre um giaour cristão (termo turco para infiel, usado no Império Otomano) e um guerreiro muçulmano. 


Eugène Delacroix – The Combat of the Giaour and Hassan

Nos 505 anos da morte de Bosch…

Dia de evocar Hieronymus Bosch [c. 1450 – 9 Agosto 1516], em primeiro lugar através das criaturas do Tríptico das tentações de Santo Antão que ilustram a capa da oportuna reedição, pela Quetzal, do Livro dos Seres Imaginários de Jorge Luis Borges, uma reinvenção do mundo construída a partir de um bestiário moderno, como decorre da sinopse; Depois, com a obra Las tentaciones de San Antonio Abad (1510 – 1515) que pertence ao Museu do Prado.


‘Apocalipsis cum figuris’, de Albrecht Dürer

Apocalipse com Imagens (do latim: Apocalipsis cum figuris) é uma série de quinze xilogravuras de Albrecht Dürer [21 Maio 1471 – 6 Abril 1528] que retrata várias cenas do Livro do Apocalipse, ou Livro da Revelação de João, o último Livro do Novo Testamento.
A obra publicada em 1498 foi um grande sucesso em toda a Europa, com destaque para a representação dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse.


albrecht-durer-apocalypse


‘Jeune fille en vert’, de Tamara de Lempicka

De Tamara de Lempicka [16 Maio 1898 – 18 Março 1980], pioneira no desenvolvimento do Movimento Art Déco, “Jeune fille en vert”, 1927-30.


‘Violon et palette’ e ‘Piano et mandore’, de Georges Braque

Durante o período em que Georges Braque [13 Mai 1882 – 31 Ago 1963] e Pablo Picasso partilharam um estúdio em Ceret, na região francesa da Occitânia, desenvolveram um novo estilo designado por cubismo analítico.
A esse período pertencem as obras Violon et palette e Piano et mandore (1909-1910), actualmente no Museu Guggenheim.


 

‘Vasos, periódico y botella de vino’, de Juan Gris

De Juan Gris [23 Mar 1887 – 11 Mai 1927], «Verres, journal et bouteille de vin» (Vasos, periódico y botella de vino), 1913


 

https://www.museoreinasofia.es/en/collection/artwork/verres-journal-et-bouteille-vin-cups-newspaper-and-bottle-wine
%d bloggers like this: