Archive for the ‘ Spotify ’ Category

’12’, de Ryuichi Sakamoto

O álbum ’12’ de Ryuichi Sakamoto foi lançado no dia do seu 71º aniversário no passado dia 17, poucos dias após a morte de Yukihiro Takahashi [1952-2023]. Acompanhados por Haruomi Hosono, os três músicos japoneses fundaram a Yellow Magic Orchestra em 1978, banda pioneira da música electrónica.

A paisagem sonora das 12 composições é povoada pela sombra da morte, que persegue Sakamoto há doze anos em sucessivas lutas com o cancro, como se sente na sua respiração em fundo.


Cantate Deo, de Ignazio Donati

Na passagem do trecentésimo octogésimo quinto aniversário da morte de De Ignazio Donati [(c. 1570 – 21 Janeiro 1638], compositor italiano do início do barroco, cuja obra se centra essencialmente no repertório sacro, ficam as peças Cantate Deo e In te, Domine, speravi dos Concerti Ecclesiastici a 2, 3, 4, 5 vv. op. IV, Veneza, 1618.

Álbum: Cantate Deo: A voce sola, in dialogo, 2013

Ensemble Accordone | · Marco Beasley · Guido Morini


Marco Beasley offers us an original way to discover the Italian religious repertoire for two tenors of the nascent Baroque. In fact, his fantastic experience as a singer allowed him to record these ‘sacred concerts for two voices’ alone, thanks to the technique of re-recording. A new dimension opens up to the listener thanks to the astonishing artistic coherence offered by this technique. And beyond technique, this disc attests to the emotion, both double and unique, guiding the musical gesture. Via Outhere Music.

‘Lamentações’, de Joseph-Hector Fiocco

Na passagem do trecentésimo vigésimo aniversário sobre o nascimento de Joseph-Hector Fiocco [1703 – 1741], compositor do barroco tardio nascido em Bruxelas numa família de músicos de origem italiana, activo como Mestre do Coro na Catedral de Antuérpia entre 1731 e 1737, período em que escreveu as  Lamentações da Semana Santa.


Álbum: Fiocco: Lamentationes Hebdomadæ Sanctæ – Outhere, 2022
Ensemble Bonne Corde · Diana Vinagre · Ana Quintans · Ana Vieira Leite

‘Missa a Quatro Vozes’, de William Byrd

A Decca editou na passada sexta-feira 13 o álbum The Golden Renaissance: William Byrd, o segundo de uma trilogia que visa celebrar aniversários com especial significado de grandes compositores do Renascimento. Editado em Janeiro de 2021, o primeiro foi dedicado aos 500 anos sobre a morte do franco-flamengo Josquin Desprez.
Para assinalar o início das comemorações do 400º aniversário da morte de William Byrd [c. 1540 – 1623],  um dos mais eminentes compositores que viveu durante o reinado da dinastia Tudor, o ensemble vocal Stile Antico incluiu no alinhamento desta gravação a Missa a Quatro Vozes, (1592-1593) da qual fica secção Domine Deus.


Pisendel – Concerto para violino em Sol Maior

No trecentésimo trigésimo quinto aniversário sobre o nascimento de Johann Georg Pisendel [1687 – 1755], insigne violinista e compositor alemão do século XVIII, primeiro violino e director da célebre orquestra da corte de Dresden, fica o primeiro andamento do Concerto para violino em Sol maior – JunP I.7 – I. Vivace,  interpretado pela Orquestra Barroca de Freiburg, dirigida por Gottfried von der Goltz a partir do violino, tendo como solista a violinista Petra Müllejans.


Álbum: J. G. Pisendel: Dresden Concertos. Concerti con varii strumenti (Carus, 1999)

‘On Green Dolphin Street’, de Miles Davis

Pouco antes do Natal de 1965, a composição do segundo Quinteto de Miles Davis, que incluía Herbie Hancock no piano acústico, Ron Carter no baixo, Tony Williams na bateria e Wayne Shorter a substituir George Coleman no saxofone tenor, gravou uma série de oito discos ao vivo no Clube Plugged Nickel de Chicago.
Do terceiro set, gravado neste dia 23 de Dezembro, fica o standard de 1947, On Green Dolphin Street.


‘All The Things You Are’- Modern Jazz Quartet

John Lewis [1920-2001], membro fundador e director musical do Modern Jazz Quartet, foi o autor de All The Things You Are, tema de abertura do álbum MJQ, gravado neste dia 22 de Dezembro em 1952, precisamente há 70 anos.


Milt Jackson, vibrafone · John Lewis, piano · Percy Heath, contrabaixo · Kenny Clarke, bateria

‘Ave Maria’, de Adrian Willaert

De Adrian Willaert [c. 1490 – 7 Dezembro 1562], compositor e docente da escola franco-flamenga do Renascimento, fundador da Escola Veneziana, onde ocupou o cargo de Kapellmeister da Basílica de São Marcos desde 1527 até à sua morte, o moteto Ave Maria para seis vozes, interpretado pelo agrupamento Dionysos Now.


‘Sonata para pianoforte e violino’, de Mozart

Na passagem de mais um aniversário sobre o desaparecimento de “Il Divino” Mozart [27 Janeiro 1756 – 5 Dezembro 1791], a contemplação da morte através da relação íntima entre os dois instrumentos, no segundo andamento da Sonata para pianoforte e violino nº 35 em lá maior, K. 526 – II. Andante.


Álbum: Mozart: Sonatas for Fortepiano and Violin Vol.1 (2022)
Sayaka Shoji, violino · Gianluca Cascioli, pianoforte

‘Concertos para violino’, de Pietro Locatelli

Do virtuoso violinista e compositor do barroco italiano Pietro Locatelli [1695-1764], activo em Roma e posteriormente em Amsterdão, o Concerto para Violino em Mi Menor, Op. 3 Nº 8, terceiro de doze que concertos que integram a série L’Arte del Violino; XII Concerti Cioè, Violino solo, con XXIV Capricci ad libitum, publicados em 1733 e criados no estilo veneziano de Antonio Vivaldi.
A interpretação é do jovem e viruoso violinista francês Théotime Langlois de Swarte, acompanhado pelo ensemble Les Ombres, cujo disco Jean-Marie Leclair / Antonio Vivaldi / Pietro Locatelli, Concertos pour Violon editado pela Harmonia Mundi em Fevereiro último integrou esta semana a lista de Vencedores do Diapason d’or do ano de 2022.


%d bloggers gostam disto: