Posts Tagged ‘ Johann Sebastian Bach ’

‘Paixão segundo São Mateus’, de J. S. Bach

De Johann Sebastian Bach [1685-1750], o coro introdutório da Paixão segundo São Mateus, estreada a 11 de Abril de 1727 na Igreja de São Tomé em Leipzig.


RIAS Kammerchor · Staats- und Domchor Berlin · Akademie für Alte Musik Berlin · René Jacobs
Álbum: J.S. Bach: St Matthew Passion, BWV 244 (Matthäus-Passion) – Harmonia Mundi, 2013

‘Arte da Fuga’, de Johann Sebastian Bach

No Dia Europeu da Música Antiga, que simultaneamente assinala o aniversário do nascimento de Johann Sebastian Bach [21 Março 1685 – 28 Julho 1750], a última peça do álbum  Lemniscate – Bach: The Art of Fugue (Outhere Music, 2023), interpretado pelo agrupamento New Collegium, com direcção artística do cravista brasileiro Claudio Ribeiro.

One of the fascinating things about the Art of Fugue is the final piece. It’s a triple fugue and after the three sections Bach superimposes the three themes and finishes it with a circulating motive, as a Lemniscate, and perhaps that’s a sugestion that the Art of Fugue is a never ending art. – Claudio Ribeiro


‘Correspondência’ entre J.S.Bach e Marie-Claire Alain

Quando passam dez anos sobre a morte de Marie-Claire Alain [1926-2013], unanimemente considerada uma das organistas mais ilustres da sua geração, pela claridade luminosa e pela musicalidade vibrante das suas interpretações, fica o registo da peça Choral “Wir glauben all’ an einen Gott” BWV 680, que integra o álbum editado no início deste mês de Fevereiro – Bach: Clavier-Übung III, Leipzig Chorales & Preludes and Fugues (At the Organ of the Martinikerk in Groningen).


‘Orgelbüchlein’, de Johann Sebastian Bach

Depois de mais de 300 anos, o misteriosamente inacabado Orgelbüchlein ou ‘Pequeno Livro de Órgão’, BWV 599−644 de Johann Sebastian Bach, que morreu neste dia 28 de Julho em 1750, terá a sua versão completa em estreia no Reino Unido em Setembro de 2022, numa iniciativa do Royal College of Organists (RCO).
Fica o Prelúdio Coral Eu chamo-Te, Senhor Jesus Cristo,  BWV 639, do álbum Bach, J.S.: Organ Works (© 2007 haenssler CLASSIC), com Ton Koopman.


Bach: a paixão das Paixões

Na semana santa, a proclamação de duas novas leituras das Paixões de São Mateus e de São João para nos recordar que a universalidade da música de Bach nos pode devolver a humanidade, mesmo em momentos de tragédia.


J. S. Bach: Matthäus-Passion, BWV 244 · Harmonia Mundi,2022
Ensemble Pygmalion · Raphaël Pichon


Bach, J.S.: St. John Passion BWV 245 · Deutsche Grammophon, 2022
The Monteverdi Choir · English Baroque Soloists · Sir John Eliot Gardiner

Livro I de ‘O Cravo Bem Temperado’ de Bach, na leitura de Cristiano Holtz

Obra incontornável para a literatura de instrumentos de tecla, o Cravo Bem-Temperado BWV 846–893 de Johann Sebastian Bach [1685-1750] consiste numa colecção de dois volumes de música para teclado, cada um contendo 24 prelúdios e fugas, utilizando todas as tonalidades do teclado.

Para assinalar os 300 anos da publicação do Livro I BWV 846-869, escrito em Weimar em 1722, o Musica Aeterna dedicou uma emissão à leitura de Cristiano Holtz, cravista brasileiro, último aluno do saudoso Gustav Leonhardt, que se encontra radicado em Portugal e exerce a actividade docente no Instituto Gregoriano de Lisboa.


‘Musicalische Exequien’, de Heinrich Schütz

Na passagem do quadringentésimo trigésimo sexto aniversário do nascimento de Heinrich Schütz [1585-1672], considerado o compositor alemão mais importante antes de Johann Sebastian Bach, o motete sacro Musicalische Exequien, de 1636.


Musicalische Exequien, SWV 279: Concert in Form einer teutschen Begräbnis-Missa: Also hat Gott die Welt geliebt
Álbum: Schütz: Musicalische Exequien – Ricercar, 2011
Intérpretes: Ensemble Vox Luminis, com direcção de Lionel Meunier.

Masaaki Suzuki – Paixão de São Mateus BWV 244

O maestro japonês Masaaki Suzuki [ Kobe, 29 Abril 1954 – ], Director Musical do Bach Collegium Japan desde a sua fundação em 1990, tornou-se uma das principais autoridades na obra Bach. Susuki, que combina a carreira de regente com o trabalho como organista e cravista, dirigiu já as principais obras corais de Bach e as obras completas para cravo.
O ano de 2014 ficou marcado pelo concerto na Casa da Música e pelo enriquecimento da impressionante discografia com os 55 volumes da gravação completa das
Cantatas, iniciada em 1995.
Fica o coro e coral introdutórios Kommt, ihr Töchter, helft mir klagen, do disco Paixão Segundo São Mateus BWV 244 (2020).


Dia Europeu da Música Antiga e de J.S.Bach

No início da Primavera, a REMA (Réseau Européen de Musique Ancienne / European Early Music Network) e a EBU (União Europeia de Radiodifusão) organizam desde 2013 o Dia Europeu da Música Antiga com a realização de concertos em diversos países. Simultaneamente, assinala-se o aniversário do nascimento de Johann Sebastian Bach [21 Março 1685 – 28 Julho 1750].


Álbum: Bach: ‘Meins Lebens Licht’ – Cantatas BWV 45-198 & Motet BWV 118, 2021
Collegium Vocale Gent, direcção de Philippe Herreweghe

‘Sur les traces de J.-S. Bach.’, de Gilles Cantagrel


Gilles Cantagrel, musicólogo, antigo director da France Musique, especialista em música barroca e membro da prestigiada Sociedade Bach de Leipzig, tem ao longo dos últimos 50 anos vasta obra dedicada a Johann Sebastian Bach [1685-1750].
Em Fevereiro último foi editada pela Buchet / Chastel a sua última obra sobre o génio de Eisenach, Sur les traces de J.-S. Bach.

 

%d bloggers gostam disto: