Arte Pública

11-Janeiro-2009 – A Vitrine, de Joana Vasconcelos

aba_20090111_joana-vasconcelos_2370

aba_20090111_joana-vasconcelos_2371

aba_20090111_joana-vasconcelos_23791


aba_20090111_joana-vasconcelos_2382

 

aba_20090111_joana-vasconcelos_2383

03-Setembro-2008  – Luzboa traz harpa gigante de laser ao Terreiro do Paço



Uma harpa gigante cujas cordas são linhas de laser que podem ser tocadas por qualquer pessoa vai estar exposta no Terreiro do Paço, em Lisboa, de 08 de Novembro a 11 de Janeiro, no âmbito do festival artístico “Luzboa”. 

 

“A cidade irá receber para cima de 40 intervenções de artistas franceses, espanhóis, portugueses, estónios e italianos ao longo de quatro percursos predefinidos: Bica, Alfama (das Portas do Sol ao Campo das Cebolas), Rua do Alecrim e Baixa (Ruas da Prata e do Ouro e Praça do Comércio)”, revelou à Agência Lusa Ana Fernandes, da Realizar, empresa responsável pela iniciativa.   

 

A organização quer que o “Luzboa” seja “um projecto de rua” pelo que as pessoas serão convidadas “a sair de casa e a fazer os percursos onde estão expostas as obras que só se vêem verdadeiramente ao anoitecer”, disse Ana Fernandes.

Itália é o país convidado desta terceira edição da “Luzboa”, e é por isso que será colocada no Terreiro do Paço a “Harpa Laser” de Pietro Pirelli, que visitou a cidade para avaliar se o local que lhe foi atribuído pela organização é o mais correcto para expor a obra.

“A ‘Harpa Laser’ é um desafio e cria um estímulo no público, que poderá criar sons e ritmos através do uso das mãos ou de outros objectos”, explicou Pietro Pirelli, defendendo que “o mais interessante da tecnologia não é poder fazer-se tudo, mas sim poder ligar-se várias artes”. 

“No caso da Harpa, ligar a arte visual ao som”, afirmou o autor.

Tendo em conta o período em que a iniciativa estará em curso, algumas obras expostas durante a “Luzboa” estarão relacionadas com a época natalícia.

“Vamos decorar a cidade de forma um pouco diferente da tradicional. As ruas da Prata e do Ouro serão iluminadas com constelações e na Rua do Alecrim será colocada a figura de uma mulher a beijar um homem. É uma representação do amor, um dos sentimentos ligados àquela época”, revelou Ana Fernandes.

Mas nem todas as obras serão expostas na rua. O Museu Berardo, no Centro Cultural de Belém, recebe peças da colecção de Panza di Biumo, um dos maiores coleccionadores do mundo de arte contemporânea e de luz. O outro local escolhido pela organização foi o Palácio Pombal. A entrada é gratuita nos dois pontos.

A “Luzboa” terá também uma obra de beneficência. “Será uma escultura feita pelas pessoas durante o tempo que durar a iniciativa, que vai crescendo”, explicou Ana Fernandes.

E porque a preocupação com o ambiente está na ordem do dia, “muitas obras serão feitas à base de Leds (diodos emissores de luz), uma tecnologia de luz ” que tem menos consumos de energia.

Todas as obras serão ligadas ao anoitecer e apagadas à meia-noite, no entanto, a organização pondera estender o horário em mais uma ou duas horas nas vésperas de feriado e fins-de-semana.

A propósito da parceria da “Luzboa” com a cidade de Turim, estarão expostas obras de três artistas portugueses naquela cidade italiana, no festival “Luci d’Artista”, que decorre nas mesmas datas que a iniciativa lisboeta. 

Joana Vasconcelos, leva a Turim “A Noiva”, um candelabro feito com tampões, já João Ribeiro e Paulo Pereira vão expor na cidade italiana uma obra conjunta, que representa uma reprodução de calçada portuguesa com luz.

A “Luzboa”, que tem o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e o patrocínio do Turismo de Portugal, decorrerá entre os dias 08 de Novembro e 11 de Janeiro e acontecerá em simultâneo com a Bienal Internacional de Luz entre 8 e 22 de Novembro.

A abertura oficial será a 24 de Outubro com a inauguração de uma obra italiana no miradouro das Portas do Sol. A cerimónia contará com a presença dos presidentes das câmaras de Lisboa e de Turim.

Fonte: Lusa

 

 

16-julho-2008 – Os artistas da Luz

Claro que não se trata dos outros, que neste espaço não têm tempo de antena. Falo de mais uma edição do projecto Luzboa, entre 8 de Novembro de 2008 e 15 de Janeiro de 2009. O projecto será organizado pela Realizar.

Na edição de 2006, registei imagens da Blue Line, Red Line e Green Line. Este ano e por umas semanas, serão criadas atmosferas que certamente farão do próximo Natal um período mais brilhante. A Baixa e zonas adjacentes verão a luz difundir-se nos tecidos urbanos, afluindo pelas encostas até ao rio.

Luzboa ‘08 destaca a arte da Luz de Itália apresentando um conjunto de instalações urbanas cedidas pelo “Luci d’Artista“, o mais importante Festival de Luz europeu, que decorre em Turim.

Lisboa recebe obras de artistas de referência como Marinella Pirelli, Piero Fogliatti, bem como um conjunto de peças históricas do coleccionador Giuseppe Panza di Biumo, numa forma única de arte: arte integrada no espaço urbano, arte acessível a todos, arte como contributo cultural para a celebração do Natal de 2008 em Lisboa.

    • Frederique Fontana
    • 7 de Maio, 2011

    Fantástico, adorei, principalmente a harpa virtual 🙂

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

In Gaza

and beyond

Ana Isa Figueira

Psicologia Educacional

Histórias de Portugal e Marrocos

sobre Património, História e outras histórias

Carlos Martins

Portuguese Jazz Musician, Saxophone Player and Composer

O Cantinho Sporting

Onde a opinião é verde e branca!

TABOO of ART

'Also known as loveartnotpeople.uk, taboofart.com might just be the unintentional cure for the art world malaise: Spend twenty minutes trawling through the archives and you’ll be begging for the arcane pomposity of an Artforum Critic’s Pick' said BLACKBOOK Magazine

Michelangelo Buonarroti è tornato

Non ce la fo' più a star zitto

Lino Guerreiro

Compositor/Composer

TheCoevas official blog

Strumentisti di Parole/Musicians of words

David Etxeberria

Visual artist

Mary had a little blog

This is the bee's knees

Luz da imagem

A luz, essência da imagem e da fotografia. Analógica/digital; imagem real; imagem artística; Ensaios fotográficos.

The Libertine

A public blog that features a compilation of exceptional artists' works; serendipitously discovered by a secret admirer. The ongoing overtones of the production frequently include evocative imagery, passionate emotions, pure beauty and raw exprience (to name a few themes). Our content is composed of artistic expressions, fashion editorials, promising talents, diverse bodies, freedom for all, love forever and the eternal search for truth in the visceral .......................................................................................................................................................................................... (SUBMISSIONS TO satietypaper@gmail.com)

Instituto de História da Arte

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa

Franz E.

a tua palavra conta...

Devaneios e Poesias

Devaneios, poesias, literatura e cultura geral

ABA SYSTEMS

Advanced Business Advisor

Speakers' Corner

"I could be bounded in a nutshell, and count myself a king of infinite space" - William Shakespeare, in Hamlet

%d bloggers like this: