Archive for the ‘ YouTube ’ Category

‘Passacaglia’, de Dietrich Buxtehude

Dietrich Buxtehude (1637-1707) e o expoente do barroco alemão no século XVII, ilustrados musicalmente por Ton Koopman na famosa peça Passacaglia em Ré menor , BuxWV 161.

De referir que a monumental “Dieterich Buxtehude – Opera Omnia”  que Ton Koopman gravou entre 2005 e 2014, está no Spotify.

‘Madrigais’, de Giaches de Wert

O franco-flamengo Giaches de Wert, também conhecido como Jacques de Wert [1535-1596], foi um dos mais influentes compositores de madrigais do final do Renascimento. Ao serviço dos Duques de Mântua como maestro di cappella entre 1560 e 1592, recebeu em 1590 como violista o jovem Claudio Monteverdi [1567-1643], que acabara de publicar o seu II Livro de Madrigais.

Madrigais de Giaches de Wert [1535-1596] dos Livros VII, VIII e XI
La Venexiana, dirigida por Claudio Cavina
Rossana Bertini, Valentina Coladonato, Nadia Ragni, Claudio Cavina, Giuseppe Maletto, Sandro Naglia, Daniele Carnovich, Gabriele Palomba, Franco Pavan



‘Sonatas do Rosário’ de Biber, por Lina Tur Bonet (II)

Em 1676, Heinrich Ignaz Franz Biber [1644-1704] escreveu sobre a sua “fé em instrumentos de cordas”, expressão que adquiriu maior evidência nas Sonatas do Mistério ou do Rosário.

Sonata IV – Apresentação
MUSIca ALcheMIca – Lina Tur Bonet, Enrike Solinís, Patxi Montero, Daniel Oyarzábal


Concerto Grosso, de Giuseppe Torelli

Giuseppe Torelli [22 Abril 1658 – 8 Fevereiro 1709], violinista e compositor italiano do período barroco, foi contemporâneo de Tomaso Albinoni e Antonio Vivaldi na Península Itálica entre os séculos XVII e XVIII.
Do seu contributo para o desenvolvimento do Concerto Intrumental, a orquestra barroca Collegium Musicum 90, dirigida pelo violinista Simon Standage gravou em 2005 um disco de Concertos, do qual destaco o Concerto Grosso para Violino em Fá Maior, Op. 8, No.11

Trilogia de Monteverdi no Teatro La Fenice

No dia do 77º aniversário do maestro John Eliot Gardiner, boas notícias de Veneza, via Il Messaggero: o Teatro La Fenice disponibiliza a partir de hoje no seu canal no YouTube a trilogia de óperas de Monteverdi que sobreviveram até aos nossos dias, numa parceria com Monteverdi Choir & Orchestras e English Baroque Choir
Já disponível a partir de hoje 20 de Abril está «L’Orfeo» (1607); na próxima segunda-feira 27 de Abril chegará «Il ritorno d’Ulisse in patria» (1640) e na segunda-feira 4 de Maio «L’incoronazione di Poppea» (1643).


‘Messiah’, de George Frideric Handel

De George Frideric Handel [1685–1759], compositor e instrumentista alemão naturalizado inglês, a maravilhosa peça ‘For unto us a child is born’, extraída da primeira parte da oratória “O Messias”, HWV 56.
A obra, concebida sobre libreto de Charles Jennens, teve a sua estreia no Great Music Hall em Dublin, no dia 13 de Abril de 1742.
Handel ainda dirigiu “O Messias” no Convent Garden dias antes da sua morte, a 14 de Abril de 1759.

Solistas: Carolyn Sampson, soprano | Catherine Wyn-Rogers, contralto
Mark Padmore, tenor | Christopher Purves, baixo
Acompanhados pelo agrupamento The Sixteen, dirigidos por Harry Christophers.

‘O Casamento da Virgem’, de Rafael

No dia em que passam 500 anos da morte de Rafael, a par de Leonardo da Vinci e de Miguel Ângelo, um dos grandes mestres do Renascimento, escolho o retábulo que o genial artista executou em 1504, Lo Sposalizio della Vergine – O Casamento da Virgem.
A encomenda da Família Albizzini para a igreja de San Francesco em Città di Castello, pertence actualmente à Pinacoteca di Brera, em Milão.


%d bloggers like this: