Arquivo de Novembro, 2020

I | Olhares…

Excerto do Livro | “Aviões de Papel” de © Paulo Kellerman

Foto | O meu olhar… © Ana Margarida Lopes

Projecto | O olhar de… © MINIMALISTA _ Editora Independente

Andreas Werckmeister e música das esferas

Andreas_Werckmeister [30 Novembro 1645 – 26 Outubro 1706], foi um compositor e teórico do barroco alemão, defensor da ligação entre a teologia e a música.
Para vários pensadores luteranos dos séculos XVII e XVIII, como Michael Praetorius [1571-1621], as relações numéricas que regulam as proporções musicais possuem um valor simbólico e metafísco, compreendidas à luz da teologia.


‘Vespro della Beata Vergine’, de Claudio Monteverdi

A obra de Monteverdi exerceu uma grande influência, não apenas sobre compositores seus contemporâneos mas também sobre um grande número de músicos durante os séculos que lhe sucederam até aos dias de hoje, fruto da modernidade da sua escrita. Entre as suas principais realizações estão as “Vespro della Beata Vergine”, publicadas em 1610 em Veneza.

O início de 2020 ficou marcado pela apresentação das Vésperas em Nova York pelo Ensemble Green Mountain – TENET Vocal Artists, projecto concebido pela soprano Jolle Greenleaf (direcção artística) e pelo violinista Scott Metcalfe (direcção musical).

Sendo a Sonata sopra “Sancta Maria ora pro nobis” a minha peça favorita, desta gravação gostava de destacar o salmo Duo Seraphim, pelo diálogo entre os tenores James Reese e Jason McStoots.

 

‘Mare Pacificum’

Pouco mais de um mês após a ‘descoberta‘ da passagem entre os oceanos Atlântico e Pacífico, hoje conhecida como Estreito de Magalhães, a 28 de Novembro de 1520 Fernão de Magalhães entrava no que baptizou “Mare Pacificum”.

Da viagem de Luísa Amaro pelo “Mar Magalhães” (2018), fica a sua bela versão de Mazurka-Choro, composição de Heitor Villa Lobos.

‘Take Ten’, de Paul Desmond

Membro do Quarteto de David Brubeck entre 1958 e 1967, o saxofonista e prolífico compositor Paul Desmond [25 Novembro 1924 – 30 Maio 1977], autor do tema Take Five que integra o álbum Time Out (1959), gravou em 1973 o álbum Skylark em três sessões, a 25 e 27 de Novembro e a 4 de Dezembro. Fica o tema de abertura Take Ten, que conta, entre outros, com Ron Carter no baixo, Gabor Szabo na guitarra, Bob James no piano eléctrico e Jack DeJohnette na bateria.


‘Concierto de Aranjuez: Adagio’ – The Modern Jazz Quartet

Esta versão do ‘Concierto de Aranjuez: Adagio’ foi extraída do duplo álbum The Complete Last Concert, gravado ao vivo pelo The Modern Jazz Quartet em 25 de Novembro de 1974 no Lincoln Center for the Performing Arts, New York.


Milt Jackson, vibrafone – John Lewis, piano – Percy Heath, contrabaixo – Connie Kay, bateria

‘Magnificat’, de Frei Manuel Cardoso

Frei Manuel Cardoso [1566-1650], insigne representante da polifonia portuguesa, iniciou os estudos musicais no Collegio dos Moços do Coro da Sé de Évora, onde viria a ocupar o cargo de Mestre de Capela. Foi ainda compositor residente no Convento do Carmo, onde morreu a 24 de Novembro de 1650.
O Magnificat, interpretado pelo Ensemble Vocal Européen sob direcção de Philippe Herreweghe, pertence ao disco Manuel Cardoso, Missa Miserere mihi Domine; Magnificat secundi toni (Harmonia Mundi, 1997)

‘Au Moulin Rouge’, de Henri de Toulouse-Lautrec

Toulouse-Lautrec [24 Novembro 1864 – 9 Setembro 1901] tinha um particular gosto em retratar a vida colorida, glamorosa e por vezes decadente dos Cafés e dos Teatros parisienses em finais do século XIX, bem ilustrada neste ‘Au Moulin Rouge’ de 1892/95. A sua ligação ao famoso Café parisiense vinha desde a sua inauguração, em 1889.


Henri de Toulouse-Lautrec [24 Novembre 1864 – 9 Septembre 1901]
‘Au Moulin Rouge’ de 1892/95
The Art Institute of Chicago

‘The Trojan Women Setting Fire to Their Fleet’, by Claude Lorrain

From Claude Lorrain [1604/5 – 23 November 1682], French painter of the Baroque period, ‘The Trojan Women Setting Fire to Their Fleet’, ca. 1643.


Claude Lorrain [c. 1600 – 23 November 1682]
“The Trojan Women Setting Fire to Their Fleet”, ca. 1643
The Metropolitan Museum of Art, New York

‘Concierto de Aranjuez: Adagio’, de Miles Davis & Gil Evans

O álbum Sketches of Spain foi gravado nos estúdios da Columbia em NYC a 15 e 20 de Novembro de 1959 e a 10 de Março de 1960.
A peça central das cinco faixas que compunham o alinhamento do LP original, lançado a 18 de Julho de 1960, é Concierto de Aranjuez (Adagio), originalmente escrita para violão e orquestra por Joaquin Rodrigo em 1939. Com arranjo e direcção de Gil Evans, foi gravada a 20 de Novembro, com mais de vinte músicos a integrarem as diversas secções da orquestra.



O Concierto De Aranjuez (Adagio) (part one, alternate take), que não fazia parte do álbum original, foi gravado a 15 de Novembro (a parte dois foi gravada a 20 de Novembro) e todas as restantes faixas foram gravadas a 10 de Março de 1960.


%d bloggers like this: