Posts Tagged ‘ Leonardo da Vinci ’

‘Human Proportion’, by Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci [15 April 1452 – 2 May 1519]
Text adapted from Leonardo da Vinci: A life in drawing, London, 2018


A nude man standing, facing the spectator, with arms outstretched. Another is kneeling beside him, to his right, so that his head just fits under the standing man’s arm; to the left of the main figure is a third man, seated, measured for proportion; with notes on human proportion on the left side of the sheet.


A four line note on human proportion c.1490


The system of human proportions in the central drawing on this sheet follows that set out in the treatise On Architecture by the Roman architect Vitruvius (first century bc). Accordingly, the height of the man is equal to the span of his outstretched arms; a quarter of his height is the cubit, marked off horizontally at the knees, pubis and between the armpits, and vertically at the elbows and down the centre of the chest. The same proportions are seen in Leonardo’s most famous drawing, the ‘Vitruvian man’ standing with arms outstretched in a square and circle (Venice, Accademia). The notes explain the two subsidiary diagrams: ‘if a man kneels he will diminish by a quarter part of his height’, and ‘the umbilicus is [then] the middle of his height’; and ‘the middle of a man who sits […] is below the breast and below the shoulder’. Via.

Tapeçaria ‘A Última Ceia’

Como parte integrante das comemorações do quinto centenário da morte de Leonardo da Vinci, em conjunto com a exposição “Leonardo. Il San Girolamo dei Musei Vaticani”, os Museus do Vaticano prestam homenagem ao genial artista com a conclusão do restauro da Tapeçaria inspirada na Última Ceia de Leonardo, que se encontra presentemente na Pinacoteca do Museu do Vaticano até final do mês de Maio, após o que viajará para França para ser apresentada, entre Junho e Setembro, na exposição “La Cène de Léonard de Vinci pour François Ier, un chef-d’oeuvre en or et soie”, no Castelo Clos Lucé em Amboise, onde Leonardo morreu no célebre dia 2 de Maio de 1519.

O valioso tecido, exclusivamente em fios de seda, ouro e prata, tem as mesmas dimensões do fresco produzido pelo mestre da Renascença no refeitório do convento Dominicano adjacente à igreja de Santa Maria delle Grazie, em Milão, entre 1494 e 1498.

Apesar de a iconografia reproduzir fielmente a posição das figuras na Assembleia dos Apóstulos em torno do Mestre, a tapeçaria possui um fundo diferente, enquadrado por um cenário arquitectónico. O trabalho de tecelagem deverá ter sido produzido na Flandres, sob encomenda de Luísa de Sabóia, mãe de Francisco I, rei de França.

Realizada inteiramente pelo Laboratório de Restauro de Tapeçarias e Têxteis dos Museus do Vaticano, esta  intervenção devolveu à obra o seu esplendor original e permitiu equacionar a hipótese de ter sido produzida em 1516, durante a presença de Leonardo em Amboise a convite do monarca, embora a questão da autoria ainda não esteja completamente esclarecida.

LEONARDO DA VINCI: A LIFE IN DRAWING

Para assinalar o 500º aniversário da morte de Leonardo da Vinci [15 Abr 1452 – 2 Mai 1519], a exposição “Leonardo da Vinci: A Life in Drawing”  reúne mais de 200 desenhos do mestre renascentista, constituindo a maior exposição da obra de Leonardo em mais de meio século.

Adquiridos durante o reinado de Carlos II de Inglaterra, os desenhos de Leonardo – que estarão em The Queen’s Gallery entre 24 Mai e 13 Out 2019 – transmitem uma percepção do modo como funcionava a mente do génio, reflexo dos seus múltiplos interesses na pintura, escultura, arquitectura, anatomia, engenharia, cartografia, geologia e botânica.

Leonardo da Vinci e a Água

Encontrando-se a água no imenso mar, seu elemento, teve desejos de subir aos ares, e confortada pelo elemento fogo, elevou-se em fino vapor, quase parecendo da leveza do ar. Chegada lá acima, alcançou o ar mais leve e fino, onde foi abandonada pelo fogo; e os pequenos granículos, apertados, unem-se e tornam-se pesados, pelo que ao cair a soberba se transforma em fuga. E cai do céu; pelo que a seguir foi bebida pela seca tarra, onde, por muito tempo encarcerada, fez penitência do seu pecado.

Estudos Anatómicos de Leonardo da Vinci

No último sábado fui ao Palácio de Cristal ver a Genial Exposição de um dos melhores homens que a História conheceu.

Os modelos das suas invenções em exposição merecem ser vistos atentamente, pois dão-nos uma ideia do génio de Leonardo. Dá vontade de mexer em tudo, por as engenhocas a funcionar!

Composto unicamente de reproduções de fraca qualidade e sem uma descrição para além da identificação da obras expostas, o núcleo de pintura é pobrezinho.

Alguns dos desenhos que aqui são publicados, já os tinha visto durante a Expo 98, mas a confusão era tal que não tive paciência para uma visita mais demorada.

Estudo anatómico de um ombro masculino, 1509-10
Estudo anatómico da laringe e perna, 1510
Estudo anatómico do ombro, 1510-11
%d bloggers like this: