Posts Tagged ‘ Bestiário Fábulas e Outros Escritos ’

Nos 505 anos da morte de Bosch…

Dia de evocar Hieronymus Bosch [c. 1450 – 9 Agosto 1516], em primeiro lugar através das criaturas do Tríptico das tentações de Santo Antão que ilustram a capa da oportuna reedição, pela Quetzal, do Livro dos Seres Imaginários de Jorge Luis Borges, uma reinvenção do mundo construída a partir de um bestiário moderno, como decorre da sinopse; Depois, com a obra Las tentaciones de San Antonio Abad (1510 – 1515) que pertence ao Museu do Prado.


‘Los pichones’, de Picasso

Pablo Ruiz Picasso [Málaga, 25 Outubro 1881 – Mougins, 8 Abril 1973]
«Los pichones» – Cannes, 1957


‘Tres palomas’, de Pablo Picasso

A Picasso le encantaban toda clase de animales. Su peculiar bestiario estaba formado por aves —palomas, gallos y búhos— así como por perros, gatos, toros, caballos y cabras que aparecen reiteradamente en sus obras. También sometió a estas criaturas a continuas metamorfosis atribuyéndoles valores simbólicos. 
Via Museo Picasso Málaga


Pablo Ruiz Picasso [Málaga, 25 Octubre 1881 – Mougins, 8 Abril 1973]
“Tres Palomas” – Cannes, 18 Noviembre 1960
Donación de Christine Ruiz-Picasso © Museo Picasso Málaga

Leonardo da Vinci e a Água

Encontrando-se a água no imenso mar, seu elemento, teve desejos de subir aos ares, e confortada pelo elemento fogo, elevou-se em fino vapor, quase parecendo da leveza do ar. Chegada lá acima, alcançou o ar mais leve e fino, onde foi abandonada pelo fogo; e os pequenos granículos, apertados, unem-se e tornam-se pesados, pelo que ao cair a soberba se transforma em fuga. E cai do céu; pelo que a seguir foi bebida pela seca tarra, onde, por muito tempo encarcerada, fez penitência do seu pecado.

%d bloggers like this: