Arquivo de Maio, 2021

‘Apocalipsis cum figuris’, de Albrecht Dürer

Apocalipse com Imagens (do latim: Apocalipsis cum figuris) é uma série de quinze xilogravuras de Albrecht Dürer [21 Maio 1471 – 6 Abril 1528] que retrata várias cenas do Livro do Apocalipse, ou Livro da Revelação de João, o último Livro do Novo Testamento.
A obra publicada em 1498 foi um grande sucesso em toda a Europa, com destaque para a representação dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse.


albrecht-durer-apocalypse


Milt Jackson Quartet

Na Primavera de 1955, Milt Jackson [1923 – 1999], vibrafonista e membro fundador do Modern Jazz Quartet, convidou o pianista Horace Silver [1928 – 2014] para integrar a formação habitual do seu quarteto; Com Percy Heath [1923 – 2005] no contrabaixo e Connie Kay [1927 – 1994] na bateria, gravaram o álbum Soul Pioneers para a Prestige nos Estúdios Van Gelder em Nova Jérsia no dia 20 de Maio.
Stonewall foi a única composição de sua autoria a integrar o álbum.


‘Organ Voluntaries’, de John Stanley (II)

De John Stanley [17 Janeiro 1712 – 19 Maio 1786], a primeira peça do álbum St Mary’s Church, Rotherhithe – Stanley: 11 Organ VoluntariesOrgan Voluntary in D Minor, Op. 5, No. 8, com Ton Koopman no órgão.


‘Canzoni’, de Giovanni Picchi

Giovanni Picchi [ca. 1571 – 17 Maio 1643], compositor italiano do início do período barroco e seguidor da escola veneziana, contribuiu para o desenvolvimento e diferenciação das formas instrumentais da época, como a sonata e a canzona – composição instrumental do Renascimento que deriva da chanson polifónica francesa.

Em 1625, Picchi escreveu uma colecção de 19 canzoni da sonar con ogni sorte d’istromenti para 2-4, 6 e 8 vozes com baixo contínuo, que o Ensemble Concerto Scirocco gravou em 2020 com direcção artística de Giulia Genini.


‘Jeune fille en vert’, de Tamara de Lempicka

De Tamara de Lempicka [16 Maio 1898 – 18 Março 1980], pioneira no desenvolvimento do Movimento Art Déco, “Jeune fille en vert”, 1927-30.


‘From profound centre of my heart’, de Giovanni Croce

De Giovanni Croce [1557 – 15 Maio 1609], compositor italiano da escola veneziana tardo-renascentista, discípulo de Gioseffo Zarlino, o madrigal From profound centre of my heart, extraído do álbum Tune thy Musicke to thy Hart: Tudor & Jacobean music for private devotion (2012). A excelsa interpretação do conjunto inglês Stile Antico proporciona uma visão singular da música sacra, escrita, não para apresentações na igreja mas para a corte e para ambiente doméstico.


‘Concerto Espiritual’, de Johann Philipp Förtsch

Do compositor do barroco alemão Johann Philipp Förtsch [14 Maio 1652 – 14 Dezembro 1732], Du Heiden Trost – sobre a Anunciação à Virgem Maria -, o primeiro concerto espiritual que integra o disco Fortsch, J.P.: Dialogs, Psalms and Sacred Concertos (2008), interpretado pelo Ensemble Vocal La Capella Ducale e pelo Ensemble Instrumental Musica Fiata, dirigidos por Roland Wilson.


‘Violon et palette’ e ‘Piano et mandore’, de Georges Braque

Durante o período em que Georges Braque [13 Mai 1882 – 31 Ago 1963] e Pablo Picasso partilharam um estúdio em Ceret, na região francesa da Occitânia, desenvolveram um novo estilo designado por cubismo analítico.
A esse período pertencem as obras Violon et palette e Piano et mandore (1909-1910), actualmente no Museu Guggenheim.


 

‘Quarteto para flauta e cordas, Op. 22’, de Giovanni Battista Viotti

De Giovanni Battista Viotti [12 Maio 1755 – 3 Março 1824], o primeiro movimento do Quarteto para flauta e cordas No. 1 em si bemol maior, op. 22 No. 1, W. 2.16, Andante – Allegro vivace, extraído do álbum Viotti: Flute Quartets, Op. 22 (2017),  interpretado pelo Kodály Quartet.


‘Vasos, periódico y botella de vino’, de Juan Gris

De Juan Gris [23 Mar 1887 – 11 Mai 1927], «Verres, journal et bouteille de vin» (Vasos, periódico y botella de vino), 1913


 

https://www.museoreinasofia.es/en/collection/artwork/verres-journal-et-bouteille-vin-cups-newspaper-and-bottle-wine
%d bloggers like this: