Archive for the ‘ YouTube ’ Category

O Anti-Cristo

De Lars von Trier (quando é que o internam?), realizador de Dogville e Dancer in the Dark.

Com Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg. Concorre em Cannes à Palma de Ouro, com Pedro Almodóvar (Los Abrazos Rotos), Alain Resnais (Les Herbs Folles), Michael Haneke (Das Weisse Band), Quentin Tarantino (Inglorious Basterds), Ang Lee (Taking Woodstock) e Alain Resnais (Les Herbs Folles).

Handel – Zadok the Priest

Escrito em 1727 para a coroação do Rei George II e da Rainha Carolina, Zadok the Priest é um dos quatro hinos compostos por Handel para o efeito e o único que, até hoje, tem sido tocado em todas as cerimónias de coroação em Inglaterra.

Em Zadok the Priest, Handel parafraseia textos da Bíblia do Rei James, sobre a consagração de Salomão – A Rainha Bathsheba implora ao Rei David, às portas da morte, que entregue a coroa a seu filho, Salomão.

 

Escrito para coro e orquestra, o hino inicia-se com uma tensão crescente entre instrumentos até à entrada do coro, com grande intensidade dramática. Que tal, ouvir “Rejoicing”, “God save the King” e “Alleluia” como prelúdio da Meia-Final da Liga dos Campeões entre Arsenal e Manchester United? 🙂

Por outro lado…

Nem tudo vai mal na Lusitânia. Melhor dizendo, temos até bons motivos de satisfação sobre o jazz que se toca por cá; Desde o jovem Júlio Resende, que me fez uma simpática dedicatória no disco Alma, até este fresco de Rui Caetano, temos gente muito talentosa e com carreiras promissoras.

As imagens do vídeo são de autoria do fotógrafo inglês Stu Egan e a faixa Luisa pertence ao Álbum Reflexos, de 2008.

Rui Caetano, piano – Bernardo Moreira, baixo – Marco Franco, bateria.

Top 10: Manly Movie Deaths

Os vídeos que se seguem, deve ser visualizados num respeitoso silêncio, em memória de uns tipos que deram uma luta dos diabos antes de morrer. E não é bonito de ver! Só quem tenha andado à porrada a sério dá valor a estas coisas. Se quiser votar na morte mais valorosa, pode fazê-lo aqui. Nada de lamechiches, que eles têm snifers para detectar lágrimas de crocodilo.
Uma selecção destas terá sempre de ser redutora, além de subjectiva. No entanto, custa a crer como é que o bravo Elias em Platoon (1986) fica de fora. Eu? Gostaria de morrer como o Bill, que teve uma vida preenchida. 🙂

10. Leon em The Professional (1994)

09. Optimus Prime em Transformers: The Movie (1986)

08. Tony Montana em Scarface (1983)

07. The Terminator em Terminator 2: Judgment Day (1991)

06. Bill em Kill Bill Vol. 2 (2004)

05. Goose em Top Gun (1986)

04. Obi-Wan Kenobi em Star Wars (1977)

03. Nick em The Deer Hunter (1978)

02. William Wallace em Braveheart (1995)

01. Apollo Creed em Rocky IV (1985)

André Previn

No 80º aniversário de André Previn, a EMI Classics homenageia o músico com o lançamento de uma caixa com 10 cds… e eu quase a fazer anos! 🙂
André Previn – The Great Recordings (The LSO Years 1971-1980), com a London Symphony Orchestra.

 

Encontrei no Youtube uma interessantíssima conversa entre André Previn e… Oscar Peterson!!! 
A conversão do vídeo tem um pequeno desfasamento com o áudio mas, de qualquer modo, são minutos bem aproveitados.


Condutor de Domingo

The Limp Twins – Sunday Driver

Black & White

Gosto da música dos The Raveonettes e, particularmente, deste magnífico vídeo!
Mas o que gosto mesmo… é de Black & White! 🙂

%d bloggers like this: