‘Niobe Regina di Thebes’, de Agostino Steffani

Agostino Steffani [25 Julho 1655 – 12 Fevereiro 1728], organista e eclesiástico italiano natural da região do Veneto, cedo se notabilizou como compositor, primeiro com as missas que escreveu para a capela do Eleitor da Baviera em Munique, da qual se tornou organista em 1675, depois com as óperas que escreveu a partir do ínício da década de 1680.
Estreada originalmente em 1688 em Munique, “Niobe, Rainha de Tebas”, ópera dramática em 3 actos inspirada nas “Metamorfoses” de Ovídio, com libreto de Luigi Orlandi, foi apresentada em 2010 no Teatro Nacional de São Carlos.


Álbum: Steffani: Niobe, regina di Tebe, 2015
Solistas: Philippe Jaroussky, Karina Gauvin, Aaron Sheehan, Terry Wey, Jesse Blumberg, José Lemos
Paul O’Dette, alaúde
Boston Early Music Festival Orchestra, dirigida por Stephen Stubbs
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: