Posts Tagged ‘ Philippe Jaroussky ’

‘Il Faraone Sommerso’, de Nicola Fago

De Francesco Nicola Fago [26 Fevereiro 1677 – 18 Fevereiro 1745], compositor do barroco italiano, professor de Leonardo Leo [1694-1744]  e Niccolò Jommelli [1714-1774], as árias Alla gente a Dio diletta e Forz’è pur nel proprio sangue, extraídas do Oratório Il Faraone Sommerso [1709].


Álbum: Anima Sacra, 2018
Jakub Józef Orliński, contratenor | Orquestra Il pomo d’oro, dirigida por Maxim Emelyanychev


Álbum: La vanità del mondo, 2021
Philippe Jaroussky, contratenor | Ensemble Artaserse

‘Ombra mai fu’, de Francesco Cavalli

Francesco Cavalli [14 Fevereiro 1602 – 14 Janeiro 1676], compositor do início do Barroco, maestro di cappella na Basílica de São Marcos em Veneza, onde começou como cantor em 1616 sob a tutela de Claudio Monteverdi [1567-1643], é recordado fundamentalmente pelas suas óperas.
A ária ‘Ombra mai fu’ da Xerse, ópera em três actos apresentada pela primeira vez em 1654, foi adaptada em 1738 por George Frideric Handel [1685-1759] para a sua ópera Serse, também sobre o libreto de Nicolò Minato.


Álbum: Ombra mai fu – Francesco Cavalli Opera Arias, 2019
Ensemble Artaserse – Philippe Jaroussky, contratenor

‘Niobe Regina di Thebes’, de Agostino Steffani

Agostino Steffani [25 Julho 1655 – 12 Fevereiro 1728], organista e eclesiástico italiano natural da região do Veneto, cedo se notabilizou como compositor, primeiro com as missas que escreveu para a capela do Eleitor da Baviera em Munique, da qual se tornou organista em 1675, depois com as óperas que escreveu a partir do ínício da década de 1680.
Estreada originalmente em 1688 em Munique, “Niobe, Rainha de Tebas”, ópera dramática em 3 actos inspirada nas “Metamorfoses” de Ovídio, com libreto de Luigi Orlandi, foi apresentada em 2010 no Teatro Nacional de São Carlos.


Álbum: Steffani: Niobe, regina di Tebe, 2015
Solistas: Philippe Jaroussky, Karina Gauvin, Aaron Sheehan, Terry Wey, Jesse Blumberg, José Lemos
Paul O’Dette, alaúde
Boston Early Music Festival Orchestra, dirigida por Stephen Stubbs
%d bloggers like this: