Arquivo de Novembro, 2021

‘Prelúdios’, de Heitor Villa-Lobos

Expoente da música erudita brasileira, o maestro e prolífico compositor Heitor Villa-Lobos [5 Março 1887 – 17 Novembro 1959] compôs cerca de duas dezenas de obras para violão solo, entre as quais cinco prelúdios (1940). Fica o primeiro, interpretado por  Andrés Segovia.


Álbum: Andrés Segovia – The Art of Segovia – Deutsche Grammophon, 2002

5 Prelúdios – Nº 1 em Mi menor · Andrés Segovia, violão clássico

‘A View of the Maas at Dordrecht’, de Aelbert Cuyp

Na passagem do trecentésimo trigésimo aniversário da morte de Aelbert Jacobsz Cuyp [20 Outubro 1620 – 15 Novembro 1691], considerado um dos principais pintores da Idade de Ouro Holandesa, fica esta vista panorâmica do rio Maas e da cidade natal de Cuyp, Dordrecht (cerca de 1645–1646).


A View of the Maas at Dordrecht (Main View)
A View of the Maas at Dordrecht (detail)

‘Les Falaises à Étretat’, de Claude Monet

As falésias da Costa da Normandia e a zona da pequena vila de Étretat em particular tiveram a visita de pintores desde o início do século XIX, atraídos pela clareza do ar e pela qualidade da luz. Tal como Eugène Boudin [1824-1898] ou Goustave Courbet [1819-1877], Claude Monet [14 Novembro 1840 – 5 Dezembro 1926] pintou dezenas de vistas da praia, entre as quais ‘Les Falaises à Étretat’ em 1885.


Claude Monet - The Cliffs at Etretat

‘L’Oise à Pontoise, temps gris’, de Camille Pissarro

Do pintor impressionista Camille Pissarro [10 Julho 1830 – 13 Novembro 1903], a obra ‘L’Oise à Pontoise, temps gris’ de 1876 encontra-se depositada no Museu Boijmans Van Beuningen em Roterdão.


Camille_Jacob_Pissarro_-_The_Oise_near_Pontoise_in_Grey_Weather_-_Google_Art_Project


Camille Pissarro - L'Oise à Pontoise, temps gris 1876 - detalhe


‘Le Port de La Rochelle’, de Paul Signac

A emblemática pintura a óleo Le Port de La Rochelle (1915) de autoria de Paul Signac [11 Novembro 1863 – 15 Agosto 1935] foi roubada em Maio de 2018 do Musée des Beaux-Arts de Nancy e recuperada em Kiev na Ucrânia em Fevereiro deste ano. Actualmente encontra-se em processo de restauro, pois foi cortada da moldura.


Paul Signac - Le Port de La Rochelle

‘O crux benedicta’, de Francisco Guerrero

Na passagem do quadringentésimo vigésimo segundo aniversário da morte de Francisco Guerrero [1528 – 1599], um dos grandes nomes da música sacra espanhola do Renascimento e um dos maiores compositores espanhóis de sempre, o moteto ‘O crux benedicta’ extraído do álbum Motecta (Cantus Records, 1997), interpretado pelo Ensemble Musica Ficta, tendo como solistas Ignasi Jordà, Tomás Maxè, Albert Folch, Alicia Ramonet, Núrial Rial


‘São Francisco de Assis’, de Francisco de Zurbarán

De Francisco de Zurbarán [Badajoz, 7 Novembro 1598 – Madrid, 27 Agosto 1664] pintor da idade de ouro espanhola, a representação de  São Francisco de Assis, contemplativo enquanto segura numa caveira.


'São Francisco de Assis', de Francisco de Zurbarán

‘Quattro stagioni’, de Guido Reni

Do pintor italiano Guido Reni [4 Novembro 1575 – 18 Agosto 1642], a alegoria das Quatro Estações, realizada entre 1617 e 1620, que se encontra no Museu Capodimonte em Nápoles.


guido reni the four seasons

‘Leçons de Ténèbres’, de Joseph Michel

De Joseph Michel [1688? – 4 Novembro 1736], aluno de Jean-Philippe Rameau [1683 – 1764] e Mestre da Capela da Sainte-Chapelle em Dijon desde 1709 até à sua morte, troisième leçon du premier jour pour dessus, deux violons et basse-continue, extraída do álbum: Michel: Lecons De Tenebres, 1998 ℗ Naxos


Ensemble: Le Concert Spirituel Soloists · Direcção: Herve Niquet

‘Still Life with Attributes of the Arts’, de Jean-Baptiste-Siméon Chardin

De Jean-Baptiste-Siméon Chardin [2 Novembro 1699 – 6 Dezembro 1779], a obra ‘Still Life with Attributes of the Arts’ (entre 1724-1728), que se encontra no Museu Estatal de Belas-Artes A.S. Pushkin em Moscovo.


%d bloggers like this: