Posts Tagged ‘ Raúl Mallavibarrena ’

‘O crux benedicta’, de Francisco Guerrero

Na passagem do quadringentésimo vigésimo segundo aniversário da morte de Francisco Guerrero [1528 – 1599], um dos grandes nomes da música sacra espanhola do Renascimento e um dos maiores compositores espanhóis de sempre, o moteto ‘O crux benedicta’ extraído do álbum Motecta (Cantus Records, 1997), interpretado pelo Ensemble Musica Ficta, tendo como solistas Ignasi Jordà, Tomás Maxè, Albert Folch, Alicia Ramonet, Núrial Rial


‘Requiem’, de Cristóbal de Morales

Na passagem do quadringentésimo sexagésimo oitavo aniversário da morte de Cristóbal de Morales [c. 1500 – 1553], compositor de música sacra do Renascimento espanhol, considerado o principal representante da polifonia da Andaluzia durante a primeira metade do século XVI e, a par de Tomás Luis de Victoria e Francisco Guerrero, um dos grandes Mestres do Século de Ouro Espanhol, a primeira parte do Offertorium – Domine Jesu Christe, Rex gloriae,  extraído do Requiem, interpretado pelo Ensemble Musica Ficta, conjunto espanhol dedicado à interpretação da polifonia do Renascimento e do Barroco, com especial atenção para a música espanhola do século XVI, fundado em 1992 pelo seu maestro Raúl Mallavibarrena.


Album: Cristóbal de Morales: Requiem (Enchiriadis, 2021)

Francisco Guerrero

Francisco Guerrero, que viveu entre 1528 e 1599, é considerado – com Tomás Luis de Victoria e Cristóbal de Morales -, um dos grandes nomes da música sacra espanhola do Renascimento e um dos maiores compositores espanhóis de sempre. Em 1589, no regresso de uma viagem à Terra Santa, foi sequestrado por piratas, aventura narrada no livro Viaje de Jerusalem, publicado em 1590.


 

%d bloggers like this: