Arquivo de Dezembro, 2008

Imogen Heap – Hide & Seek, por Tiësto

“This song won’t be released on any other CD ever. We made it especially for this volume of In Search Of Sunrise (6) and it’s a perfect track to end the first disc of the mix.” Tiesto

 

Até para o ano! 

Vodpod videos no longer available.

Anúncios

Freddie Hubbard (1938-2008)

Que dizer de um trompetista que tocava como poucos, entre os quais o senhor da posta anterior?

No final dos Anos 50, Freddie Hubbard participou em vários trabalhos com os irmãos Wes e Monk Montgomery.

Freddie Hubbard & Art Blakey – Moanin’

Seguiu-se o período de ouro, The Blue Note Years 1960-1965: Tocou no grupo de Art Blakey and the Jazz Messengers (com Wayne Shorter, Curtis Fuller, Cedar Walton e Reggie Workman), nomeadamente em Caravan e Free For All; Gravou Maiden Voyage e Empyrean Isles com Herbie Hancock; Free Jazz com Ornette Coleman; Out to Lunch com Eric Dolphy,  Ascension com John Coltrane, Africa Brass com John Coltrane e Eric Dolphy e Ready for Freddie com Wayne Shorter. Tocou ainda com Bobby Hutcherson em Dialogue. Chega? 🙂

Freddie Hubbard e Joe Henderson em Maiden Voyage, de Herbie Hancock

“presente perfeito” não existe…

… Na Gramática Portuguesa!
O mais parecido que me ocorre é: esta menina não tem parado de me surpreender!

Miles Davis – 50º Aniversário de Kind of Blue

Natividade – A Excitação da Descoberta

Considerado um dos trabalhos religiosos mais interessantes de Tiepolo, é simultaneamente dos menos conhecidos, por permanecer na Sacristia dos Canónicos da Basílica de São Marcos, um local raramente acessível.

Giovanni Battista Tiepolo - Natividade, 1732

Giovanni Battista Tiepolo - Natividade, 1732

A “Great” de Schubert

Em carta enviada ao amigo-pintor Leopold Kupelwieser em Março de 1824, Franz Schubert afirmava estar a preparar caminho para uma Grande Sinfonia, conceito inseparável de Beethoven que, em Maio desse ano, faria a primeira apresentação pública da Nona Sinfonia.

Schubert interrogava-se: Quem poderia fazer algo assim, depois de Haydn, Mozart, Beethoven?

Leopold Kupelwieser - The family of Franz Schubert playing games

Leopold Kupelwieser - A família de Franz Schubert

No ano da sua morte, em 1828, Schubert  escreveu a sua “Great Symphony”. Schumann descobriu a Sinfonia nº 9 de Schubert dez anos mais tarde, sobre o que terá dito: “Cum camandro! Esta nona tem, pelo menos, tanto power como a do Beethoven!”

Numa coisa estou de acordo com Schumann; O Segundo Movimento é um expoente do Romantismo. Senão, oiçam os violinos e os trombones e digam-me lá se não temos razão, eu e o Robert…

Esta interpretação pela Filarmónica de Berlim, dirigida por Karl Böhm, é bem capaz de ser a melhor que tenho… 🙂

 

 

Gotan Project em Lisboa

Duas horas de Gotan Project Live, num requintado espectáculo de som e imagem. Ouvimos, nomeadamente, «Santa Maria (Del Buen Ayre)», «Queremos Paz», «Vuelvo al Sur», «Una Música Brutal»… Muy caliente 🙂

tan(gotan)go

gotan-project-live_lisboa-2008

Gotan Project Live, hoje no Campo Pequeno

Campo Pequeno recebe, em Dezembro, uma das bandas mais interessantes e surpreendentes dos últimos anos, os inventores do “cibertango”, para um espectáculo único e especial.
Se fosse possível eleger um único responsável pela aproximação do público às sua raízes culturais, um nome surgiria quase unânime ? Gotan Project.
La Revancha del Tango, o primeiro disco, conquistou a Argentina e o mundo, com um improvável casamento entre o tango e a música electrónica alterando a face do tango argentino.
Com mais de um milhão de cópias vendidas e de espectáculos sempre com lotações esgotadíssimas um pouco por todo o mundo, os Gotan Project apresentaram em 2006 o seu último álbum Lunático. Este segundo trabalho do grupo formado por Phillipe Cohen, Cristoph Müller e Eduardo Makaroff deu seguimento à fusão do tango com as sonoridades da música electrónica, jazz, hip-hop e chill-out.
Os portugueses têm a oportunidade única de ver um espectáculo de alta qualidade estética e sonora. Música e espectáculo capaz de conquistar todos os amantes do tango mais autênticos, eternizando o bandoneon argentino de Piazzolla, assim com os adeptos da electrónica mais inventiva.
Definitivamente o tango não deu ainda a sua última palavra…

Anúncios
%d bloggers like this: