Posts Tagged ‘ Café-Zimmermann ’

‘Concerti Grossi’, de Francesco Geminiani

De Francesco Geminiani [1687 – 17 Setembro 1762] violinista e compositor do barroco italiano radicado nas Ilhas Britânicas, notabilizou-se pelos concerti grossi. Durante a  juventude, foi aluno de Alessandro Scarlatti e Arcangelo Corelli.


Álbum: Geminiani: Concerti Grossi Op.7 | Outhere Music, 2018
Café Zimmermann

‘Der Frühling’, de Carl Philipp Emanuel Bach

Na passagem do trecentésimo sétimo aniversário do nascimento de Carl Philipp Emanuel Bach [8 Março 1714 – 14 Dezembro 1788], a canção Der Frühling / A Primavera, extraída do álbum Carl Philipp Emanuel Bach: Der Frühling (2016), interpretada pelo agrupamento Café-Zimmermann, com direcção musical de Pablo Valetti, tendo como solista o tenor inglês Rupert Charlesworth.



Der Frühling is a song reworked into a chamber cantata in about 1770: its galant élan is appositely rendered in Rupert Charlesworth’s mellifluous delivery of Wieland’s poetry describing the joys of spring, working in tandem exquisitely with violinists Pablo Valetti and Mauro Lopes Ferreira. Three brief arias might have been written in the late 1730s during CPE’s student days in Frankfurt, whereas the mature sophistication of his music in late-1770s Hamburg is represented by the succinct cantata Selma. Via Gramophone.

Café Zimmermann na Gulbenkian

A audição integral dos Concertos Brandeburgueses de Johann Sebastian Bach, que se distribui entre os dias 7 e 11 de Março, constitui um inevitável ponto de interesse em qualquer programação musical. O agrupamento Café-Zimmermann interpretará este monumento do Barroco musical, bem como duas obras concertantes, para cravo e para dois violinos respectivamente, no ano em que se completam 260 anos sobre a morte de J. S. Bach. A excelência dos músicos do Café-Zimmermann, grupo fundado em França em 1988, é marcada pela direcção musical de Pablo Veletti e pela cravista Céline Frisch, dupla responsável pela direcção artística. O nome do grupo foi inspirado no espírito que movia os concertos organizados em Leipzig pelo Collegium Musicum e acolhidos no café de Gottfried Zimmermann, então com um ensemble fundado por Telemann e dirigido por J. S. Bach, entre 1729 e 1739.



Compostos possivelmente entre 1711 e 1720, os Concertos Brandeburgueses foram apresentados como um conjunto de Seis Concertos com diversos instrumentos, dedicados em 1721 ao margrave melómano Christian Ludwig de Brandeburgo. Constituindo um repertório marcadamente barroco, os Concertos Brandeburgueses representam uma interessante leitura dos elementos do concerto grosso, onde se identificam o ripieno e o concertino, embora neste último se destaque por vezes uma maior focagem num só instrumento, como por exemplo o trompete no nº 2, ou o cravo no nº 5. Nesta perspectiva, encerram uma grande variedade musical, explorando as várias possibilidades de composição da época para o género instrumental e constituindo um incontornável e importante conjunto de obras do período Barroco. Via.



Programa:
Domingo, 7 Mar 2010, 19:00 – Grande Auditório
Concerto Brandeburguês Nº 2, em Fá maior, BWV 1047
Concerto Brandeburguês Nº 4, em Sol maior, BWV 1049
Concerto Brandeburguês Nº 6, em Si bemol maior, BWV 1051
Concerto para Cravo, em Fá menor, BWV 1056
Quinta, 11 Mar 2010, 19:00 – Grande Auditório
Concerto Brandeburguês Nº 1, em Fá maior, BWV 1046
Concerto Brandeburguês Nº 3, em Sol maior, BWV 1048
Concerto Brandeburguês Nº 5, em Ré maior, BWV 1050
Concerto para dois Violinos, em Ré menor, BWV 1043

%d bloggers like this: