Arquivo de 28 de Setembro, 2005

gota a gota, no culto do vinho


Posted by Picasa clique nas imagens para ampliar

É a solução para a rega das vinhas, em anos de seca como este. Com a produtividade mais baixa dos últimos cinco anos, as vindimas estão a dar boa fruta, com muita côr, concentrada – certamente teremos grandes vinhos (dificilmente excepcionais, como em 2004) – mas em quantidade insuficiente para assegurar a sustentabilidade de muitas quintas, que passam por alguma aflição.
Esperemos que, apesar das dificuldades, não caiam na tentação de trazer mosto de Espanha para aumentar a produção!
Protejam as nossas uvas, se faz favor. A perda de qualidade seria uma pena!


Posted by Picasa

Nesta curva – onde o Côa encontra o Douro – existe uma ponte ferroviária seguida de um apeadeiro, desactivado há alguns anos.
É para este local de excepção que está projectado o futuro Museu Arqueológico do Vale do Côa, disse-nos a guia quando fizemos o percurso da Penascosa, com temperaturas superiores a 40 graus!

Anúncios

Bacchus, de Caravaggio

O característico tratamento da luz, salientada de forma dramática no claro-escuro da obra de Caravaggio (1573-1610) combina em Bacchus (c.1596), uma realidade simultaneamente estranha e intensamente penetrante.

Caravaggio - Bacchus, c.1596

No período das suas produções em Roma – para onde partiu em 1592 – em que trabalhou sob mecenato, Caravaggio utilizava frequentemente adolescentes nos seus temas.

Caravaggio - Bacchus, c.1596 - detalhe

Este Baco surge, não como deus antigo – na altura traço característico do Maneirismo – mas como uma figura efeminada, de feições algo rudes e olhar pouco expressivo, que nos oferece vinho segurando a taça com as unhas sujas, numa clara expressão do Realismo.

Caravaggio - Bacchus, c.1596 - detalhe

O fundo escuro, parte integrante do trabalho de Caravaggio, é aqui entendido como forma de espiritualidade associada ao culto do vinho.

Anúncios
%d bloggers like this: