Arquivo de 24 de Setembro, 2005

Grandes Causas.. mais ou menos..

Senhor Procurador Geral da República:
Suponha que vivemos num Estado de Direito, onde as decisões dos Tribunais devem ser respeitadas.
Suponha ainda que todos os cidadãos são formalmente iguais perante a Justiça.
Agora, suponha que os portugueses esperam que o senhor dê voz à sua indignação, quando vêm os valores sociais esbulhados de tal forma que sentem vergonha do seu país!
Continua a entender que é simplesmente “uma questão que tem a ver com os cidadãos” e não consigo?

Actualização do post Grandes Causas:

Artur Marques – o advogado da senhora – disse ao Expresso que a decisão é irrecorrível, porquanto a lei só permite o recurso da aplicação da prisão preventiva e não da sua revogação.
Se ele sabe do que fala.. e agora, José?

Mas nem tudo são pesadelos.

A 20 de Novembro, os deuses menores que dão pelo nome de Sigur Rós, tocam no Coliseu, naquele que se espera seja um momento de sonho (li sobre o concerto da semana passada no Beacon Theatre de New York, que fizeram uma pausa de 30 segundos entre duas músicas.. e o público permaneceu em silêncio absoluto!).
Vêm apresentar o novo trabalho – Takk – que se pode ouvir quase na totalidade aqui, em Free Stream.
Para disfrutar, antes que volte ao éter!

Atrás de um vaso de nuvens, um sol acorda da sua letargia, refresca-se com pequenas gotas de chuva, brinca com as chamas do fogo e faz um arco-íris.

%d bloggers like this: