Posts Tagged ‘ Jimmy Cobb ’

Miles & Monk at Newport

O duplo álbum Miles & Monk at Newport combina actuações ao vivo de Miles Davis (1958) e Thelonious Monk (1963) no Newport Jazz Festival, das quais resultaram gravações a 3 de Julho dos respectivos anos. Do primeiro LP, fica a composição Fran-Dance, interpretada pelo sexteto que no ano seguinte gravou Kind of Blue.


Miles Davis, trompete | Cannonball Adderley, sax alto | John Coltrane, sax tenor
Wynton Kelly, piano | Paul Chambers, baixo | Jimmy Cobb, bateria

‘Blue in Green’, de Miles Davis

Os dias 2 de Março e 22 de Abril de 1959 correspondem a duas datas muito especiais para o jazz. Há precisamente 50 anos, Miles Davis, John Coltrane, Julian “Cannonball” Adderley, Bill Evans, Paul Chambers e Jimy Cobb entravam no estúdio da Columbia, na 30th Street, em Nova Iorque, para gravar um conjunto de peças que mais tarde acabariam por dar forma a Kind of Blue, o mais referido e exaltado álbum em todo o jazz.
Rezam as crónicas que as primeiras peças a ser gravadas na primeira sessão terão sido So What e Blue in Green, entre as 14:30 e as 17:30, e que, depois de uma pausa para descanso e jantar, Miles telefonou a Wynton Kelly para vir para o estúdio, afim de gravarem Freddie Freeloader, na sessão das 19:00 às 22:00. Na segunda sessão de gravação, seriam registadas ainda duas outras peças esplendorosas – Flamenco Sketches e All Blues – assim se completando o line up de Kind of Blue.  – Manuel Jorge Veloso


Kind of Blue @ 50

Kind of Blue: 50th Anniversary Collectors Edition

Originalmente editado pela Columbia Records em 17 de Agosto de 1959, Kind of Blue anunciava um novo género musical: A espontaneidade de tocar duas ou três notas, obtendo o mesmo efeito melódico que as oito das progressões elaboradas, abria lugar ao improviso… e ao bebop.

O trompetista Miles Davis reuniu um sexteto notável de músicos – Cannonball Adderley ( saxofone alto), Paul Chambers (baixo), Jimmy Cobb (bateria), John Coltrane (saxofone tenor ), Bill Evans (piano) (Wynton Kelly toca piano em “Freddie Freeloader”) – e reinventaram o jazz!
Cinquenta anos após o lançamento,
Kind of Blue continua a transportar os ouvintes para o seu universo próprio, inspirando também músicos para que criem novos sons – desde o jazz acústico até ao ambiente pós-moderno – de todas as formas possíveis e imaginárias.

Jimmy Cobb, único sobrevivente da formação original, recebeu há pouco menos de um ano o Prémio NEA Jazz Masters 2009, em cerimónia realizada no Lincoln Center’s Rose Hall.
Com a bonita idade de 80 anos, apresenta-se em Lisboa (CCB, 11 de Novembro) com a sua  So What Band –  Wallace Roney (trompete), Javon Jackson (sax tenor), Vincent Herring (sax alto), Larry Willis (piano) e Buster Williams (contrabaixo), para partilhar com os admiradores portugueses as cinco masterpieces “So What”, “Freddie Freeloader”, “Blue In Green”, “All Blues” e “Flamenco Sketches”.

Jimmy Cobb - Kind of Blue @ 50

%d bloggers like this: