Posts Tagged ‘ George Frideric Handel ’

‘Ode for the Peace of Utrecht’, de William Croft

De William Croft [1678 – 14 Agosto 1727], compositor inglês, organista da Abadia de Westminster, contemporâneo de George Frideric Handel [1685-1759] e Henry Purcell [1659-1695], a abertura da Ode para a Paz de Utrecht.
Editado em 2010 pela Channel Classics Records, o álbum Handel: Te Deum & Jubilate – Croft: Ode for the Peace of Utrecht foi produzido pela Netherlands Bach Society sob direcção de Jos van Veldhoven, em colaboração com a Treaty of Utrecht Foundation para integrar as comemorações dos 300 anos do Tratado, em 2013.


Concerto grosso, Op. 6 de George Frideric Handel (II)

Dirigida pelo violinista Bernhard Forck, a orquestra de câmara Akademie für Alte Musik Berlin iniciou a gravação de uma trilogia dedicada aos Concerto Grosso op. 3 HWV 312-317 e op.6 HWV 319-330 de George Frideric Handel [23 Fevereiro 1685 – 14 Abril 1759], escritos em Londres durante a segunda década do século XVIII.
O segundo cd já está disponível na Pentatone e inclui os concertos op.6 HWV 325-330.


Concerto grosso in D Minor, Op. 6 No. 10, HWV 328: IV. Allegro

‘Organ Voluntaries’, de John Stanley

De John Stanley [17 Janeiro 1712 – 19 Maio 1786], compositor inglês que desde 1734 até à sua morte exerceu o cargo de organista na Society of the Inner Temple, cuja igreja George Frideric Handel visitava regularmente para o ouvir no final do serviço religioso, a última peça do álbum St Mary’s Church, Rotherhithe – Stanley: 11 Organ Voluntaries – Organ Voluntary in G Major, Op. 7, No. 9, com Ton Koopman no órgão.

Concerto grosso, Op. 6 de George Frideric Handel (I)

Dirigida pelo violinista Bernhard Forck, a orquestra de câmara Akademie für Alte Musik Berlin iniciou a gravação de uma trilogia dedicada aos Concerto Grosso op. 3 HWV 312-317 e op.6 HWV 319-330 de George Frideric Handel [23 Fevereiro 1685 – 14 Abril 1759], escritos em Londres durante a segunda década do século XVIII.
O primeiro cd já está disponível na Pentatone e inclui os concertos op.6 HWV 319-324.


Concerto grosso in D Major, Op. 6 No. 5, HWV 323: I. Larghetto e staccato

‘Israel in Egypt’, de Handel

Aquela que se considera ser a mais antiga gravação áudio conhecida, foi realizada durante a performance do Oratório ‘Israel in Egypt’, na nona edição do Great Triennial Handel Festival at the Crystal Palace, a 29 de Junho de 1888.
Gravada em cilindros de parafina com o auxílio do fonógrafo de Edison, degradou-se significativamente ao longo do tempo, mas o que ainda é audível permite um vislumbre da evolução da tecnologia ao longo dos últimos 130 anos.

George Frideric Handel [1685-1759] – Israel in Egypt, 1739
Monteverdi Choir | English Baroque Soloists | John Eliot Gardiner

‘Ombra mai fu’, de George Frideric Handel

No dia em que passam 327 anos sobre o nascimento de George Frideric Handel [1685-1759], compositor alemão naturalizado britânico e cuja existência decorreu durante os séculos XVII e XVIII, sugiro a audição de Ombra mai fù, ária inicial da ópera Serse, apresentada pela primeira vez em Londres no ano de 1738, tendo como solista o contratenor Andreas Scholl, acompanhado pelo conjunto Akademie für Alte Musik de Berlim.

%d bloggers like this: