Posts Tagged ‘ Órgão ’

Johann Sebastian Bach por Ton Koopman

De Johann Sebastian Bach [31 Março 1685 – 28 Julho 1750],
o Prelúdio e fuga em lá menor, BWV 543. Solista no órgão, Ton Koopman.

Anúncios

‘Livre de Noëls’, de Louis-Claude Daquin

Louis-Claude Daquin [4 Jul 1694 – 15 Jun 1772]
Excertos do Livre de Noëls (c.1757) para órgão, por Olivier Latry, organista titular da Catedral de Notre-Dame.
Libre de VI Noel, sur les jeux d’Anches, sans tremblant, et en Duo: «Qu’Adam fut un pauvre homme»

«Notre-Dame de la tristesse»

Tomo como ponto de partida o título do editorial do Le Figaro, no dia em que o grande símbolo da arquitectura gótica foi devastado pelo fogo, para recuar ao passado mês de Março, em que l’agent provocateur Olivier Latry editou o CD “Bach To The Future”, gravação realizada no grande órgão Cavaillé-Coll de Notre-Dame de Paris, do qual é titular. Aparentemente, o órgão não terá sido atingido…

Olivier Latry | Johann Sebastian Bach – Toccata and Fugue in D minor, BWV 565
On Cavaillé-Coll organ of Notre-Dame de Paris

In Memoraim – Antoine Sibertin-Blanc [1930-2012]

Concerto em memória de Antoine Sibertin-Blanc
Igreja de São Luís dos Franceses | Sexta-feira, 22 de Novembro de 2013 – 21h00
Órgão – Rute Martins
Canto Gregoriano – Capela Gregoriana Laus Deo
Polifonia – Agrupamento Vocal Sacra Musica

Professor Antoine Sibertin-Blanc

Concerto a quatro mãos em São Vicente de Fora

No próximo dia 9 de Novembro pelas 17h00 tem lugar o terceiro e penúltimo concerto de mais um ciclo de órgão na  Igreja de São Vicente de Fora.
Do programa, merecem destaque as peças para quatro mãos de Ramón Ferreñac, executadas pelas organistas Inês Machado e Margarida Oliveira. A não perder!
Programa:
Margarida Oliveira* e Inês Machado**, órgão João Fontanes (1765)
RAMÓN FERREÑAC (1763-1832) – Sonata em sol mayor de clarines para órgano a cuatro manos
ANDRÉS DE SOLA (1634-1696) – Tento de medio registro de mano derecha de 1º tono*
FÉLIX MÁXIMO LÓPEZ (1742-1821) – Sonata em Dó menor* | Allegro moderato
SEBASTIÁN DURÓN (1660-1716) – Gaitilla de Mano Izquierda**
JOSÉ LIDÓN (1748–1827) – Sonata de 1er tono**
RAMÓN FERRENAC – Rondó em sol mayor [para órgano a cuatro manos]
Reservas e informações através de info@althum.com – 919 745 338, ou via facebook.

Os concertos de órgão regressam a São Vicente de Fora

Os concertos ocorrerão na Igreja de São Vicente de Fora  aos sábados pelas 17h00:
13 Abril, João Vaz
11 Maio, António Esteireiro
8 Junho, Fumi Nagato & Kate Pearson
13 Julho, Sérgio Silva
O órgão da Igreja de São Vicente de Fora em Lisboa é um dos mais significativos instrumentos históricos da Europa. Construído em 1765 por João Fontanes de Maqueira, foi restaurado em 1994 por Claudio Rainolter e Christine Vetter. A tubaria (quase integralmente original) divide-se por dois teclados e sessenta meios registos.
Programa de 13 de Abril
JACQUES BOYVIN (1653-1706)
Suite du deuxième ton (excertos), Prélude, Récit de petite tierce, ou de nazard, ou de cromhorne, Dialogue de voix humaine, Diminution de cornet, Grand dialogue
MANUEL RODRIGUES COELHO (c.1555-1635)
Kirios de 1º tom (5 versos) – (Flores de música, 1620)
FRANCISCO CORREA DE ARAUXO (1584-1654)
Glosas sobre el canto llano de la Inmaculada Concepción (Facultad organica, 1626)
JOAN CABANILLES (1644-1712)
Corrente italiana
JOHANN SEBASTIAN BACH (1685-1750)
Prelúdio de coral Wer nur den lieben Gott lässt walten, BWV 691, Prelúdio de coral Wer nur den lieben Gott lässt walten, BWV 690
GIUSEPPE ANTONIO PAGANELLI (1710-1783)
Aria II, Aria XXII, (XXX ariae pro organo et cembalo sub elevatione producendae, 1756)
ANÓNIMO (Portugal, séc. XVIII/XIX)
Discurso para órgão

400 anos da morte de Hans Leo Hassler

Compositor e organista alemão da alta Renascença e início do Barroco, Hassler era sobretudo conhecido como organista, e foi um dos primeiros a trazer as inovações do estilo veneziano através dos Alpes.
Em 1584, Hassler tornou-se o primeiro de muitos compositores alemães a viajar para a Itália para continuar os seus estudos. Devido às exigências dos patrocinadores católicos, e as suas próprias crenças protestantes, as composições de Hassler representaram uma habilidosa combinação de ambos os estilos musicais religiosos, que permitiram que as suas composições funcionassem em ambos os contextos.
Hassler não era apenas um compositor, mas também um organista activo e consultor de fabricantes de órgãos. Era continuamente reconhecido e era requisitado para experimentar novos instrumentos. Usando o seu vasto conhecimento em órgão, Hassler entrou no mundo da construção mecânica de instrumentos e desenvolveu um órgão de corda (como num relógio de cordas) que foi depois vendido ao imperador Rodolfo II.
Texto de Luis Ramos, Antena Dois.

Anúncios
%d bloggers like this: