Arquivo de Março, 2013

Couperin – As Lições de Trevas para Quarta-Feira Santa

Quarta-feira, 20 de Março – 21h30 | Igreja Saint Louis des français
Leçons de ténèbres pour le Mercredi Saint de François Couperin
Voz: Alberto Pacheco et Rui Aleixo | Violoncelo barroco: Edoardo Sbaffi | Cravo: Mário Trilha
As Lições de Trevas de François Couperin [1668-1733], uma série de três peças vocais escritas para as liturgias da semana Santa de 1714 na Abadia de Longchamp,  a partir das Lamentações de Jeremias sobre a primeira destruição de Jerusalém pelos Babilónios, onde o profeta chora a destruição de Jerusalém pelos Babilónios. Na tradição católica, simbolizam a solidão de Cristo abandonado pelos seus apóstolos.
A Igreja de Igreja de São Luis dos Franceses foi fundada em 1552 sob a invocação de São Luís, rei de França, destinada a servir de local de culto à comunidade francesa residente em Lisboa. Em 1622 concluem-se as obras, e no primeiro quartel do século XVIII colocam-se os altares marmóreos de fabrico italiano, bem como a pintura de um deles segundo encomenda de Luís XV de França.
Em 1755, a Igreja, situada nas portas de Santo Antão, sofre grandes danos com o terramoto e com o incêndio subsequente. Em 1768 colocam-se os três altares marmóreos, executados pelo escultor genovês Pasquale Bocciardo (1705-1791) segundo encomenda de Luís XV de França. No século XIX o imóvel passa para a posse do Estado Francês e em 1882 é instalado o órgão realizado em Paris por Aristide Cavaillé-Coll.No andar superior, em três salas, funcionava o hospital de São Luís, da Confraria do Bem-aventurado São Luís, que socorria todos os franceses pobres e necessitados de auxílio médico. Actualmente o hospital situa-se no Bairro Alto.
Fontes: http://revelarlx.cm-lisboa.pt | http://www.ifp-lisboa.com
Anúncios

O céu sobre Lisboa

… ou quando uma nuvem passa a mão por cima da luz …
[Alberto Caeiro]

“De revolutionibus orbium coelestium”

“De revolutionibus orbium coelestium”, ou “Das revoluções das esferas celestes”, publicado no ano da morte de Nicolau Copérnico [1473 – 1543], apresentava um modelo alternativo ao Sistema Heliocêntrico de Ptolomeu.
A 5 de Março de 1616, a obra integrava o tenebroso Index Librorvm Prohibithorvm, instituído em 1559 pelo Concílio Ecuménico da Igreja Católica.

Podcast do Musica Aeterna de 28 Agosto 2010 – A história e o renascimento da Astronomia e as descobertas de Nicolau Copérnico, Tycho Brahe e Johannes Kepler

De revolutionibus orbium coelestium

Graindelavoix – Time of the Dragon – Missa Caput / Johannes Ockeghem

Ensaios abertos | Museu da Água, 25 Fevereiro a 2 Março
Concerto-ensaio | Igreja Menino Deus, 1 e 2 Março às 21h00
Graindelavoix – Björn Schmelzer
Com Carla Nahadi Babelegoto, Albert Riera, Marius Peterson, Tomàs Maxé,
David Hernandez, Adrian Sirbu, Joachim Höchbauer, Jean-Christophe Brizard

Graindelavoix - Missa Caput

Anúncios
%d bloggers like this: