Arquivo de 21 de Agosto, 2004

O palco do Kite Surf.. ali ao lado!

Ao fim da tarde, como habitualmente..

Os riders aproximam-se da minha praia em freestyle !


Anúncios

A Revolução Romântica: A Beleza separada da Verdade

Assim como o Renascimento negou o bonum na obra de arte, o Romantismo negou o verum. Porque se o Belo é o bem claramente conhecido, não havendo bem, nada há para ser conhecido.

O Renascimento separou a arte da moral, respeitando as leis da estética e exaltando a relação entre beleza e a razão. Ora, se o decálogo não devia ser respeitado na obra de arte, por que se deveriam respeitar as leis estéticas, muito menos importantes do que os dez mandamentos?

“Anjo da dor, que não se pode consolar,
ele tinha no céu duas asas estendidas.
De seu corpo escorria o eflúvio das luxurias,
e raros desejos insatisfeitos sempre”.

In “Alain Mercier, Les Sources Ésotériques et Occultes de la Poésie Symboliste”

Theophilus vende a alma ao Diabo

: refrescamento do template..

a pensar no outono!

Duas horas de mão-de-obra sem conseguir exactamente o que queria!

Vou dormir..

que hoje é dia de praia!

Luminescente Eterno

O padre começara a recitar a oração Zen do erguer dos corpos; juntei-me a ele. Estava muito escuro no interior do templo. Mas os pendões suspensos das colunas, as grandes flores de bronze que decoravam o santuário, o queimador de incenso e os vasos refulgiam, tocados pela claridade vacilante da lâmpada sagrada. Por vezes entrava um sopro de ar marinho que enchia as minhas largas mangas sacerdotais. Enquanto recitava os sutras, as nuvens de Verão, ferindo-me no canto do olho com uma luz dura, impunham-me a sensação constante da sua presença.

Yukio Mishima (1925-1970)

O Templo Dourado

Anúncios
%d bloggers like this: