Trilho

Gostei muito de ler as palavras da encandescente.. e pedi-lhe se as podia publicar.

Aqui ficam, com o meu agradecimento.

A luz era intensa. O dia claro e brilhante.

A pele brilhava de suor.

A claridade nas gotas que corriam e as gotas eram luz.

Ela brilhava embrulhada em gotas e prazer.

Os olhos reflectiam a luz que entrava. Iluminavam mais o dia e diziam da felicidade.

A alegria rodeava-os e era fogueira acesa.

Ateavam o prazer e ardiam em gotas de prazer, suor, alegria.

Rodavam juntos e brilhavam e o dia era brilhante e escorria amor.

As gotas colavam-nos. Eram um.

Um brilho só. Uma só luz.

E no momento do abandono, da explosão, a luz foi tão intensa que atravessou as gotas de suor e decompôs-se.

E acenderam estrelas num dia claro e brilhante.

Ela levantou a mão e as estrelas brilharam na mão.

Ele tocou-lhe a mão. Tocou as estrelas.

Ela fechou a mão e guardou-o. E guardou as estrelas entre as linhas da mão.

E em dias de solidão acende as estrelas para que ele siga o trilho, o brilho e encontre o caminho.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: