Arquivo de 30 de Maio, 2004

música do (melhor) mundo

“Ravi Shankar is the Godfather of World Music”

(George Harrison)

Nascido em Benares, Índia, em 1920, Ravi Shankar começou aos 19 anos a estudar sitar com o virtuoso Ali Akbar Kahn, seu guia espiritual e professor de música.

A sua colaboração com o grande violinista Yehudi Menuhin na década de 50, foi um dos mais celebrados encontros entre culturas distintas, de todos os tempos.

A participação de Shankar na canção Within You Without You, do álbum Sargent Pepper’s dos Beatles, foi o início da sua popularidade no ocidente.

Ravi Shankar também participou no Festival de Woodstock em 1969, e patrocinou o concerto de beneficiência pelos refugiados de guerra do Bangladesh, em 1971.

Shankar foi nomeado para os Oscares pela banda sonora de Gandhi.



Shankar escreveu dois concertos para sitar e orquestra, e que estão no primeiro cd desta colectânea da EMI CLASSICS – ref.7243.

O primeiro, composição escrita com o virtuoso Yehudi Menuhin e gravado em 1968, é notável!

O segundo, de 1976, gravado com a London Symphony Orchestra, conduzida por André Previn, é o meu favorito!

Uma obra-prima celestial.

Shankar teve ainda tempo para ser pai da menina Norah Jones!

Embora já nos tenha visitado – pelo menos duas vezes na Gulbenkian, tive oportunidade de vê-lo em Abril de 93 no Pavilhão Carlos Lopes, junto ao local onde está instalada a Feira do Livro, e para onde vou agora!

%d bloggers like this: