Posts Tagged ‘ Animação ’

Inside Out

Toy Story (1995), Finding Nemo (2003), WALL-E (2008), Up (2009), Inside Out (2015) e Coco (2017).
Da minha lista de filmes favoritos da Pixar, apenas Toy Story não venceu o Óscar de Melhor Filme de Animação porque esta categoria só foi introduzida no ano de 2001.
Em Inside Out, que estreou neste dia 19 de Junho, há dois planos que, conjugados, fazem deste um filme especial: o argumento e a banda sonora, através da expressão das emoções da pequena Riley – alegria, tristeza, medo, etc., magnificamente ilustradas musicalmente por Michael Giacchino.

Anúncios

Monstra 2010

___________________________________

O CAFÉ | 2009 | 7 MINUTOS| JOÃO FAZENDA

Em co-autoria com Alexandre Gozblau, fala dos cafés dos bairros antigos de Lisboa, onde o tempo não passa ao mesmo ritmo que lá fora. O cenário mantém-se, mas as personagens vão mudando, tal como as roupas dos que permanecem.

___________________________________

HISTÓRIA TRÁGICA COM FINAL FELIZ | 2005 | 7 MINUTOS | REGINA PESSOA

Um filme que joga muito nas ambiências, claro-escuro, dentro e fora. Uma menina que é diferente e uma comunidade que tarda em aceitá-la. A sua diferença torna-se inelutável e acaba por ter de abandonar a comunidade que a viu crescer. O espaço urbano e o quarto da menina é um desdobramento das vivências internas e externas das personagens

___________________________________

Não me interessava espaços reais, mas nalguns elementos, o rio, o eléctrico, sem que fosse óbvio, a inspiração iria mais para o do trabalho de carlos Botelho, no que se refere aos traços da cidade. Daniel Lima, sobre “Um degrau pode ser um mundo”, de 2009.

___________________________________

PÁSSAROS | 2009 ! 7 MINUTOS | FILIPE ABRANCHES

Tudo gira em volta de aves. Uma velha, torta e com um nariz em forma de bico, alimenta os seus pássaros no terraço. Na cozinha olha enternecida para a fotografia do filho. Em seguida prepara uma galinha que esquarteja para uma sopa. Senta-se e adormece com a panela ao lume. Lá em baixo no pátio interior, surge o filho. É esguio e sem pescoço como um pinguim. O seu nariz rivaliza com o da mãe. Sobe as escadas e toca à campainha. A velhota recebe-o numa festa. Leva-o para a cozinha onde lhe serve uma canja repleta de miudezas de galinha. Mostra-lhe os pássaros lá fora. São numerosas as gaiolas de todos os feitios e tamanhos. Ele observa atentamente as aves…

Steamboat Willie

Steamboat Willie (1928) foi a primeira curta animada do rato mais famoso do planeta. O filme, escrito e realizado por Walt Disney e Ub Iwerks, teve a sua première a 18 de Novembro de 1928, no New York’s 79th Street Theatre. Um prodígio da técnica, à altura! 🙂

 

Anúncios
%d bloggers like this: