Archive for the ‘ Sophia de MBA ’ Category

O Universo numa Casca de Noz

Fechado numa casca de noz

Eu poderia julgar-me rei

de um espaço infinito…

– Shakespeare, Hamlet, acto 2, cena 2
(tradução de Sophia de Mello Breyner Andresen)

Poema de Amor de António e de Cleópatra

Pelas tuas mãos medi o mundo
E na balança pura dos teus ombros
Pesei o ouro do Sol e a palidez da Lua.


Sophia de Mello Breyner Andresen

%d bloggers like this: