O peso das consciências

Em 1054, o Cisma entre Constantinopla e Roma separa o Oriente e o Ocidente, as culturas bizantina e latina, a ortodoxia e o catolicismo. Do saque de Constantinopla pelos cruzados e cinco séculos de ocupação otomana até aos gulags soviéticos, a identidade ortodoxa forja-se numa dialéctica de resistência e martírio única no mundo.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: