Arquivo de Junho, 2006

O direito do mais forte à liberdade

Os corpos de duas meninas, desaparecidas na madrugada de 10 de Junho em Liège, foram esta quarta-feira encontrados pelas autoridades na cidade, a vinte metros um do outro, anunciaram as televisões belgas.

Não peço desculpa por não conceber que numa qualquer sociedade dita civilizada, as pequenitas Stacy Lemmens e Nathalie Mahy, possam ser asssassinadas, os seus carrascos cumprirem uns anitos de pena e continuarem as suas vidinhas.

Com casos como o de Marc Dutroux, a Europa demonstrou até que ponto Justiça e Liberdade podem ser conceitos antagónicos.

Até quando?

Tertúlias

O Procópio, que em Maio passado completou 33 anos, é um dos bares mais carismáticos da Sétima Colina.


Não é um óptimo sítio para para discorrer sobre Lisboa, entre uma Duvel e uma daquelas tostas?

Nas noites quentes que se avizinham, está mesmo a apetecer…
Fica o repto!

Colecção Rau – Siberechts

A luz fria e cintilante das paisagens e cenas de género de Jan-Siberechts ( 1627-1703), deu lugar neste Gabinete de amador a uma luminosidade mais quente, acompanhada do característico volume redondo que normalmente conferia aos corpos.

O casal coleccionador, rodeado de obras de pintura e escultura, dispostas sem ordem nem sentido, inversamente ao mosaico do chão.

A Marinha, de cunho holandês, atribuida ao também pintor de Antuérpia, Peeters; A Ordenha, característica das paisagens de Siberechts, o retrato que o jovem segura lembra o retratista Thomas Key e a grande natureza-morta de frutos, caça, macaco e gato lembra Jan Fyt – quadros dentro do quadro – representam a evocação dos seus contemporâneos.

Os tons das esculturas antigas, das paredes e dos rostos, revelam a preocupação do autor com a luz nas cenas de interior;
Mas o que me fascina neste quadro é o espelho na parede, que reflete a mão da senhora e o pequeno fio dourado, reflexo de luz na beira da mesa.

Para observar este nível de detalhe que uma obra prima merece, ou exige, é impossível ver esta Exposição en passant, ainda que signifique ter de voltar uma e outra vez.
Ainda não passei da primeira de oito salas!

Los Comediants

Imagino que provar do próprio veneno não deve dar saúde a ninguém…

Menosprezar um dos melhores jogadores do mundo pode mesmo ser fatal!

Et pour cause, a armada espanhola vai para casa com 3 pommes de terre

E no sábado, claro está, vão torcer pelos hermanos lusos.. não?!

Portugal nos quartos de final do Campeonato do Mundo

Eu sei que hoje é dia de Selecção Nacional, mas…

Sporting Clube de Portugal
Campeão Nacional Iniciados 2005-2006

Retratos do Trabalho – Mexilhoeira da Carregação

ao encontro do criador

Neste início de verão, com as temperaturas a subir e o Mundial de Futebol a começar a ferver, A Bedeteca oferece uma proposta que é uma verdadeira brisa, ao abrir os jardins para a 4º Feira Laica, a maior Feira de Fanzines e Edições Independentes que se realiza em Portugal.
A oferta é completada com discos em 2ª mão, artesanato urbano, animação infantil e… petiscos.

Mais detalhes, no recém-chegado e altamente recomendável Imprensa Canalha

Quartos Imaginários

Ponto de partida para a Exposição Quartos Imaginários de Nikias Skapinakis, na Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva, já aqui mencionada.

Composição sobre o desenho “Tin Tin et Gazelle”, de 1964.

Na parede do lado esquerdo, as portadas da janela são réplicas das pinturas de “Mário de Sá Carneiro raptando Vieira da Silva”, de 1972 e de “Homenagem a Fernando Pessoa Oculista”, de 1957.

Na parede do lado direito, encontram-se representados António Maria Lisboa, Cezariny e André Breton.

Por cima, o marinheiro com o cravo, a partir de “Delacroix no 25 de Abril em Atenas”.

antes que alguém se magoe…

É desta vergonha que fala o Jorge Ferreira!

Independentemente do momento em que se possam iniciar as obras, é inacreditável como se permite que um prédio neste estado continue habitado!

Alguém da Câmara, dos Bombeiros ou da Protecção Civil já viu o estado em que se encontra o interior?

Façam qualquer coisinha, se faz favor!

%d bloggers like this: