Os Bons, o Limpinho e o Feio

Expiação – Das nomeações para a estatueta, a de melhor filme não lembra ao careca, as restantes são justas. Não entendo o porquê de tanta adjectivação para este filme melodramático a resvalar para a lamechice. A segunda parte, com planos demasiado longos, faz com que o filme se torne maçador.
A miúda safa-se, mas tem de rever as boquinhas, que já parecem tique.

Aliens vs. Predator: Requiem – Espero não ter muito mais desilusões desta natureza este ano. Um amigo que também é entusista da saga ainda tenta esconder, quando diz que o início promete mas depois cai um bocado (para o abismo, esqueceu-se de referir). Se acabou, não podia ter sido de forma menos disparatada?

4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias – Pode ser belo, um filme que aborda o aborto clandestino? Claro que sim. Sem efeitos especiais, entenda-se juizo moral, transporta-nos para a precaridade do ser humano e as suas fragilidades, quando as opções deixam de existir.
Comovi-me com a cena em que a amiga deita o feto na conduta do lixo, não pelo acto chocante para a maior parte das pessoas, mas pela gestualidade, tão sofrida, como se perdesse uma parte de si própria…

Ah! A banda sonora de Philip Glass!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: