Arquivo de 15 de Outubro, 2004

Nem tudo o que parece.. É?!

José Sócrates acusa Pedro Santana Lopes de falta de legitimidade e de autoridade política, por ter sido escolhido pelo Conselho Nacional do PSD ( previsto nos estatutos, quer do PSD, quer do PS), sem que o Congresso reunisse.

Pedro Santana Lopes argumenta com a legitimidade constitucional decorrente da sua indigitação pelo Presidente da República.

Qual é a diferença entre legitimidade política e legitimidade constitucional?

Se algo não está bem, comece-se por mudar a Constituição, nomeadamente no que concerne ao regime de semi-presidencialismo!

Porque, parece, no Programa de Governo não é necessário mexer!

Memória do Ano da Glória de 1991!



Posted by Hello

%d bloggers like this: