Arquivo de 4 de Abril, 2011

Os Seis órgãos da Real Basílica de Mafra

Concerto de Encerramento do Festival Internacional de Órgão de Lisboa
Os Seis órgãos da Real Basílica de Mafra

Domingo, 3 de Abril de 2011 – 21h30 | Basílica do Palácio Nacional de Mafra
João José Baldi (1770-1816) – Gloria (da Missa para coro e seis órgãos)
Fernando Guimarães e Carlos Monteiro, tenores | Diogo Dias, barítono | Coro Sinfónico Lisboa Cantat

João Vaz, órgão do Evangelho | Rui Paiva, órgão da Epístola | António Esteireiro, órgão de São Pedro de Alcântara | António Duarte, órgão do Sacramento | Sérgio Silva, órgão da Conceição | Isabel Albergaria, órgão de Santa Bárbara | Jorge Alves, direcção

O conjunto dos seis órgãos da Basílica, único no Mundo, foi construído a pedido do Rei D.João VI pelos organeiros António Xavier Machado Cerveira e Joaquim António Peres Fontanes. Os trabalhos prolongaram-se ao longo das primeiras duas décadas do século XVIII; Concebidos como um todo, os seis instrumentos foram concluídos (e inaugurados?) entre 1806 e 1807. Nesse período, a primeira invasão francesa e o exílio da Família Real interromperam drasticamente a actividade musical na Basílica e a utilização regular do conjunto. A inexistência de repertório específico inspirou António Leal Moreira (1758-1819) para compôr a “Sinfonia para a Real Basílica de Mafra” (o vídeo será publicado amanhã).
Após duzentos anos de silêncio e mais de uma década de restauro, os seis órgãos da Basílica voltaram a tocar em Maio de 2010, naquele que foi por muitos considerado “o concerto do século”. O XIII Festival Internacional de Órgão de Lisboa terminou ontem com a repetição do concerto de inauguração.

Nota: gravei o vídeo com telemóvel e sentado no chão. Este estabelecimento não possui livro de reclamações. 🙂
%d bloggers like this: