Arquivo de 30 de Abril, 2009

Belshazzar’s Feast

A Inscrição na parede prenuncia a queda da Babilónia do Rei Belshazzar, filho de Nebuchadnezzar.
Na Bíblia, só Daniel é capaz de ler a inscrição em Aramaico. Em Belshazzar’s Feast, os caracteres hebreus da inscrição estão dispostos em colunas verticais, em vez da habitual disposição da direita para a esquerda.

Esta será a provável explicação para a incapacidade de o rei ler correctamente a que era uma  língua corrente na época. 

Rembrandt van Rijn - The Feast of Belshazzar, 1636-38. National Gallery, Londres

 

O Livro de Daniel descreve uma enorme festa, na qual o rei e os seus convidados comem e bebem de taças de ouro, parte do espólio trazido de um templo após a queda de Jerusalém em 597 AC , uma desonra para  Belshazzar e que contribuiu para a sua queda do poder.

Esta obra-prima de Rembrandt (impressionante, particularmente pelas pequenas dimensões) ilustra, simultaneamente, a fugaz natureza do poder terreno e o dramatismo do acontecimento. Quando a festa é interrompida pelo aparecimento de uma misteriosa inscrição na parede, todos se inclinam para trás, de espanto, mas Belshazzar – com tamanho sentimento de culpa aos olhos de Deus – mostra uma expressão mais carregada que a dos seus convidados.
Em antecipação a obras bíblicas posteriores, mais instrospectivas, Rembrandt dá menor importância à opulência do palácio para se focar essencialmente no rei, concentrando-se mais no aspecto das emoções que na precisão histórica.

Anúncios
Anúncios
%d bloggers like this: