Arquivo de 1 de Outubro, 2008

luz interior

A luz da manhã, que descobre o orvalho e a maré que sobe…

Não a vejo como uma luz que mais ninguém vê, nem vejo esta luz como mais ninguém vê

Simplesmente, esta visão, pertence-me.

 

Vejo-a na voz de Beth Gibbons… 🙂 

%d bloggers like this: