Arquivo de 22 de Novembro, 2004

The truth is out there

Os magníficos Denzel Washington e Meryl Streep dão corpo a um dos grandes filmes do cinema deste início de século – O Candidato da Verdade!

Deserto do Kuwait, 1991.

O Major Bennett Marco (Denzel Washington) viu o seu pelotão ser alvo de uma emboscada;

Foram salvos pelo Sargento Raymond Shaw (Liev Schreiber) , cujo acto heróico lhe conferiu a Medalha de Honra.

Dez anos volvidos, as suas memórias do deserto perseguem-no de forma aterradora.

Começa a interrogar-se se aquela sequência de acontecimentos teria de facto ocorrido assim, e se, em última análise, Shaw seria mesmo o herói!

Inicia então um processo de desconstrução, ainda mais sombrio que os seus fantasmas, que o conduz à sinistra mãe de Shaw, a incestuosa senadora Eleanor Shaw (Meryl Streep)!

O Major, veterano da Guerra do Golfo, consegue lutar contra a sua memória e começa a perceber que teria sido vítima – ele e todo o pelotão, de uma lavagem ao cérebro e que lhes teriam implantado chips, de modo a que fossem submetidos à vontade da sinistra Manchurian Global, uma poderosa organização que estava determinada a fabricar um presidente dos EUA.

A Senadora quer realizar um sonho.. interrompido pelo defunto marido, e tudo fará…

A Bem da Nação!

A paranóia e o terror político, presentes na actual cena política americana, conduzem-nos à questão da liberdade individual, garantida pelo poder da democracia, mas posta em cheque pelo poder económico.

Um excelente filme, de uma actualidade tal.. que nos faz pensar!

Quantos pontos vale uma vitória? E um empate?


Números, ou Haverá Vida para além da democracia?

Vi numa madrugada desta semana uma reportagem sobre as Crianças do Iraque..

É assustador o número de crianças internadas em hospitais, vítimas de leucemia – cancro no sangue, provocado em grande medida pelo urânio presente no ar que respiram..

E que morrem todos os dias..

Haviam de ver o desespero nos apelos das mães, que pediam à jornalista francesa que fazia a reportagem, no sentido de alertar as entidades que podem ajudar com medicamentos, e assim evitar que todos os dias continuem a morrer meninos por falta de assistência médica..

As crianças do Iraque com idade inferior a dezoito anos, representam quase cinquenta por cento do total da população!

Estão na sua esmagadora maioria vulneráveis!

Cerca de vinte por cento sofre de sub-nutrição.

Uma em cada oito morre antes de completar os cinco anos de idade..

Ou seja, cerca de cinco mil crianças por mês..

Mais de meio milhão morreu durante a última década.





It is very late, but never too late to open the door of hope..

Alguém terá dito isto?

%d bloggers like this: