Exposição: 500 Anos de História de um Arquipélago

De 21 de Novembro de 2009 a 28 de Fevereiro de 2010, Lisboa recebe na Galeria de Pintura do Rei D. Luís I, no Palácio Nacional da Ajuda, uma exposição de “Obras de referência dos Museus da Madeira”, como reflexos dos principais ciclos da sua história, entre o século XV e os inícios do século XX.
A exposição reúne um conjunto de peças sintomáticas das colecções de escultura, pintura, ourivesaria, mobiliário, cerâmica, fotografia, entre outras, exemplificando os contactos com alguns dos mais importantes centros artísticos europeus, reflectindo a importância estratégica do arquipélago no contexto da expansão portuguesa, e depois europeia, ligada aos seus ciclos do Açúcar, Vinho e Turismo, como elementos fundadores do seu desenvolvimento.
No Arquipélago da Madeira experimentou-se pela primeira vez Portugal no Atlântico

500 Anos de História de um Arquipélago – Obras de Referência dos Museus da Madeira

Naveta - Ourivesaria Portuguesa, Primeira metade do século XVII - Prata relevada e incisa, 15,8x23 - Museu Quinta das Cruzes

Esta naveta do Museu Quinta das Cruzes deve ter pertencido a uma igreja madeirense, até pela proximidade tipológica com muitas outras existentes na diocese do Funchal.
É uma peça de inspiração profana, reproduzindo uma nau portuguesa, num país empenhado na expansão marítima. Transportava o incenso, retirado do seu interior por uma colher, que era depois colocado nos turíbulos. Sobretudo na costa sul da Ilha da Madeira encontramos um conjunto muito alargado de navetas do último quartel do século XVI e primeira metade do século XVII. Refira-se especialmente a naveta da Matriz de Câmara de Lobos datada de 1589, hoje no Museu de Arte Sacra do Funchal.
Curiosa é a representação de uma nau portuguesa, no nó de uma cruz processional, atribuível ao final do século XVI, da Matriz de Santa Cruz, Ilha da Madeira1.
A maioria das navetas conhecidas apresentam uma grande homogeneidade formal e decorativa revelando uma proximidade oficinal. Refira-se por exemplo o ourives Marcos Agostinho2, activo até 1651, autor de parte do conjunto de ourivesaria da Igreja matriz da Ribeira Brava3.
Trata-se de uma naveta de prata relevada e incisa de base circular alteada e haste tronco-cónica moldurada, decorada com motivos fitomórficos. O receptáculo apresenta a forma de uma nau com a indicação de quilha e leme bem definidos. O bojo é emoldurado e preenchido por simulação de tabuado e pregaria. No registo superior, correspondente aos castelos da popa e da proa, apresenta-se uma arcatura vazada, rematada em volutas. Na plataforma central, simula-se a escotilha. Uma das secções da cobertura funciona como tampa, com um sistema de dobradiças. Uma corrente une a proa à colher da mesma época. Várias peças semelhantes podem ser encontradas em outros museus do continente português e mesmo nas antigas colónias4.
Foi doada ao Museu Quinta das Cruzes por João Wetzler em 1966. FCS
Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

In Gaza

and beyond

Ana Isa Figueira

Psicologia Educacional

Histórias de Portugal e Marrocos

sobre Património, História e outras histórias

Carlos Martins

Portuguese Jazz Musician, Saxophone Player and Composer

O Cantinho Sporting

Onde a opinião é verde e branca!

TABOO of ART

'Also known as loveartnotpeople.uk, taboofart.com might just be the unintentional cure for the art world malaise: Spend twenty minutes trawling through the archives and you’ll be begging for the arcane pomposity of an Artforum Critic’s Pick' said BLACKBOOK Magazine

Michelangelo Buonarroti è tornato

Non ce la fo' più a star zitto

Lino Guerreiro

Compositor/Composer

TheCoevas official blog

Strumentisti di Parole/Musicians of words

David Etxeberria

Visual artist

Mary had a little blog

This is the bee's knees

Luz da imagem

A luz, essência da imagem e da fotografia. Analógica/digital; imagem real; imagem artística; Ensaios fotográficos.

The Libertine

A public blog that features a compilation of exceptional artists' works; serendipitously discovered by a secret admirer. The ongoing overtones of the production frequently include evocative imagery, passionate emotions, pure beauty and raw exprience (to name a few themes). Our content is composed of artistic expressions, fashion editorials, promising talents, diverse bodies, freedom for all, love forever and the eternal search for truth in the visceral .......................................................................................................................................................................................... (SUBMISSIONS TO satietypaper@gmail.com)

Instituto de História da Arte

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa

Franz E.

a tua palavra conta...

Devaneios e Poesias

Devaneios, poesias, literatura e cultura geral

ABA SYSTEMS

Advanced Business Advisor

Speakers' Corner

"I could be bounded in a nutshell, and count myself a king of infinite space" - William Shakespeare, in Hamlet

%d bloggers like this: