Inseminação Artificial ou Adopção?

O Tema do DN de ontem é sintomático da ineficácia dos nossos legisladores:
No momento de registar o filho, Joana dirá que não se recorda do momento em que engravidou, não sabe ou que estava embriagada!
O ministério Público abrirá um inquérito, Joana pasará por devassa, a criança será registada em nome da mãe e o processo será arquivado.

Se deseja ter um filho, deverá ser obrigada a recorrer à adopção?

Isto acontece em Portugal, devido ao vazio legal existente sobre a matéria. Joana não tem possibilidade de escolha e vê-se empurrada para uma clínica em Barcelona, onde ninguém lhe pergunta se é casada ou onde vive..
Por outro lado, se Joana integrasse um projecto parental, a questão não se colocaria nestes termos.
Sendo solteira, ou lésbica, é eticamente aceitável que queira ter um filho?
Pode – e deve discutir-se a questão, mas o primado da vontade individual deve prevalecer. Isto para mim é um valor absoluto!
A ausência de legislação – e mais importante, a discussão sobre a matéria, resulta no paradoxo de Joana poder deslocar-se a um dos vários países europeus que permitem este tipo de fertilização.
Seria desejável que o dador fosse anónimo – parece-me a perspectiva mais coerente, que a produção de embriões fosse em número estritamente necessário à fertilização e em igual número para investigação.

Anúncios
    • Daniela
    • 15 de Julho, 2008

    Sou solteira, com 33 anos, sem companheiro.Desejo ser mãe.Vivo de um salário razoável que me permitiria educar uma criança, mas que não me dá a possibilidade de deslocar a outro país para realizar o meu sonho de ser mãe. A natalidade Portuguesa está a diminuir,os divórcios aumentam e há casais sem qq capacidade emocional para ter filhos, e no entanto têm-nos. Porque não pode uma mulher solteira ser sujeita a inseminação artificial? Este é um país atrasado. Acordem! ainda se pensa que as mulheres são seres sem direitos e que devem esperar pelo príncipe encantado.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

In Gaza

and beyond

Ana Isa Figueira

Psicologia Educacional

Histórias de Portugal em Marrocos

sobre Património, História e outras histórias

Carlos Martins

Portuguese Jazz Musician, Saxophone Player and Composer

O Cantinho Sporting

Onde a opinião é verde e branca!

TABOO of ART

'Also known as loveartnotpeople.uk, taboofart.com might just be the unintentional cure for the art world malaise: Spend twenty minutes trawling through the archives and you’ll be begging for the arcane pomposity of an Artforum Critic’s Pick' said BLACKBOOK Magazine

Michelangelo Buonarroti è tornato

Non ce la fo' più a star zitto

Lino Guerreiro

Compositor/Composer

TheCoevas official blog

Strumentisti di Parole/Musicians of words

David Etxeberria

Visual artist

Mary had a little blog

This is the bee's knees

Luz da imagem

A luz, essência da imagem e da fotografia. Analógica/digital; imagem real; imagem artística; Ensaios fotográficos.

The Libertine

A public blog that features a compilation of exceptional artists' works; serendipitously discovered by a secret admirer. The ongoing overtones of the production frequently include evocative imagery, passionate emotions, pure beauty and raw exprience (to name a few themes). Our content is composed of artistic expressions, fashion editorials, promising talents, diverse bodies, freedom for all, love forever and the eternal search for truth in the visceral .......................................................................................................................................................................................... (SUBMISSIONS TO satietypaper@gmail.com)

Instituto de História da Arte

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa

Franz E.

a tua palavra conta...

Devaneios e Poesias

Devaneios, poesias, literatura e cultura geral

ABA SYSTEMS

Advanced Business Advisor

Speakers' Corner

"I could be bounded in a nutshell, and count myself a king of infinite space" - William Shakespeare, in Hamlet

%d bloggers like this: