A carta aberta a Souto Moura publicada no Repórter X pelo Jorge Van Krieken

é uma peça digna de ser lida por todos os jornalistas ( principalmente os que fazem investigação) e por todas as pessoas que acreditam que se pode fazer investigação neste país sem estar engajado no sistema. Porque ele existe! E porque este Procurador tem sido pouco menos que infeliz cada vez que presta declarações à comunicação social. E nem é necessário particularizar!

Só para quem possa andar distraído!

Anúncios

O António José Silva é uma máquina! Obrigado!

O António José Silva é uma máquina! Obrigado!

Desapareceram os meus links!

Enconte á vida, ásperanssa!

da ECM

Este fim-de-semana, trouxe o Jack DeJohnette – Selected Recordings.

Mais do mesmo, ou seja, é tudo para trazer, ouvir e guardar.

É bastante difícil ter de optar; com a qualidade da série :Rarum, dá vontade de meter 3 ou 4 de cada vez debaixo do braço e vir a correr para casa.

Uma amostra representativa do universo de que falo:



Com a participação de:

Jack DeJohnette, bateria e piano / John Abercrombie, guitarra

Lester Bowie, trompete / Dave Holland, baixo / Keith Jarrett, piano

John Surman, saxofone barítono…

A minha faixa favorita é Silver Hollow, com DeJohnette, Abercrombie, Bowie e Eddie Gomez.

Outras escolhas obrigatórias, para mim:



Com a participação de:

Joe Lovano / Paul Motian / Jan Garbarek / Lee Konitz / Dave Holland / John Surman



Com a participação de:

John Abercrombie / Jack DeJohnette / Steve Coleman / Cassandra Wilson

Kevin Eubanks / Chris Potter / Anthony Braxton

Outras obras indispensáveis:

Isto é uma maravilha!

Aula de Amor

Mas, menina, vai com calma
Mais sedução nesse grasne:
Carnalmente eu amo a alma
E com alma eu amo a carne.

Faminto, me queria eu cheio
Não morra o cio com pudor
Amo virtude com traseiro
E no traseiro virtude pôr.

Muita menina sentiu perigo
Desde que o deus no cisne entrou
Foi com gosto ela ao castigo:
O canto do cisne ele não perdoou

Poema de Bertolt Brecht, gravura de Pablo Picasso

Nevermind



Passam dez anos sobre a morte de Kurt Cobain.

Nevermind. The music remains!

Anúncios
%d bloggers like this: